Avaliação de laudos insatisfatórios de derivados de frutas do Programa de Monitoramento da Qualidade dos Alimentos do estado de Minas Gerais (Progvisa/MG) no período de 2013–2015

Autores

  • Paula Bernadete de Moura Ferreira Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Brasília, DF Autor http://orcid.org/0000-0001-8806-4882
  • Mírian Ribeiro Galvão Machado Centro de Ciências Químicas, Farmacêuticas e de Alimentos, Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), Pelotas, RS Autor

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269X.01151

Palavras-chave:

Controle de Qualidade, Monitoramento, Legislação, Boas Práticas de Fabricação, Alimento Seguro

Resumo

Introdução: Frutas são altamente perecíveis e de fácil deterioração, assim, a produção de seus derivados, sob variadas formas, como polpas, geleias e frutas em calda é uma alternativa de conservação. Estes derivados devem ser elaborados de acordo com os parâmetros e padrões estabelecidos nas legislações. Objetivo: Avaliar os resultados das análises de laudos insatisfatórios da Vigilância Sanitária de Minas Gerais (VISA/MG) de derivados de frutas (polpas, geleias e frutas em calda) encaminhados para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no período de 2013 a 2015, a fim de se identificar as  principais irregularidades. Resultados: Foram avaliados 25 laudos (nove de doces em calda, oito de polpas de frutas e oito de geleias). Dos laudos analisados, 100,0% apresentaram conclusão insatisfatória para a análise de rotulagem: uma amostra de geleia (12,5%) apresentou corante artificial não permitido; em duas amostras de figo em calda (29,0%) havia teor de cobre em desacordo com a legislação e, em uma destas (14,0%), teor de carboidratos menor do que o descrito na rotulagem, indicando fraude ao consumidor. As polpas de frutas apresentaram resultados satisfatórios para as análises de histologia e matérias estranhas. Conclusões: As irregularidades constatadas indicam que há necessidade de adoção de medidas para que as empresas adequem seus produtos aos requisitos da legislação.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Publicado

2018-11-30

Edição

Seção

Relato de Experiência

Como Citar

Avaliação de laudos insatisfatórios de derivados de frutas do Programa de Monitoramento da Qualidade dos Alimentos do estado de Minas Gerais (Progvisa/MG) no período de 2013–2015. (2018). Vigilância Sanitária Em Debate , 6(4), 79-85. https://doi.org/10.22239/2317-269X.01151

Artigos Semelhantes

1-10 de 665

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.