Enfermagem e tecnovigilância na assistência segura

Palavras-chave: Segurança do Paciente, Gestão de Riscos, Dano ao Paciente, Enfermagem

Resumo

Introdução: O uso de tecnologia na atenção em saúde tornou-se mais corriqueiro evidenciando a necessidade de vigilância e desenvolvimento de medidas de barreira em prol de uma assistência segura. Objetivo: Elucidar as ações de prevenção de eventos adversos na assistência de enfermagem vinculado a implementação do monitoramento da tecnovigilância. Método: Revisão integrativa da literatura realizada em periódicos nacionais publicados entre 2012 e 2017, utilizando bases de dados de livre acesso com publicações em português, sendo estruturada avaliação segundo as etapas propostas para essa modalidade de estudo. Resultados: Dos seis artigos encontrados (três no Lilacs, dois no BDENF e um no Medline), quatro foram excluídos por não atender aos critérios de inclusão. Conclusões: A enfermagem vivencia dificuldades sobre a compreensão para prevenção e ocorrência dos eventos adversos especialmente quando relacionados ao uso de equipamentos, determinando a carência destas medidas para uma assistência segura.

Biografia do Autor

Diego Augusto Lopes Oliveira, Centro Universitário Tabosa de Almeida/ Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico (Asces- Unita), Caruaru, PE

Graduação em Enfermagem pela Autarquia Educacional do Belo Jardim (2007), Especialização em Oncologia pelo Centro Universitário Uninter (2008), Especialização em Enfermagem em Terapia Intensiva pelo Grupo CEFAPP (2013), Especialização em Gestão Integrada da Qualidade e Segurança do Paciente pela Faculdade de Ciências Médicas de Belo Horizonte - MG (2018) e Mestrando em Enfermagem pelo Programa Associado de Pós-Graduação em Enfermagem UPE/UEPB (2019) .Tem experiência Assistencial e Gerencial em Enfermagem com ênfase no Ensino de Nível Técnico, de Graduação e Pós-Graduação. Experiência no Desenvolvimento de Ações integradas para Gestão da Qualidade e Segurança do paciente em Instituições Hospitalares, Operadoras de Plano de saúde, Pronto Atendimento, Clinicas e Laboratórios de Análises Clínicas. Atua como Docente do curso de Graduação em Enfermagem do Centro Universitário Tabosa de Almeida (ASCES/UNITA). Possui como áreas de interesse: Ensino em Enfermagem, Enfermagem Oncológica, Sistematização da Assistência de Enfermagem, Autocuidado, Sistema de Gestão da Qualidade, Segurança do Paciente, Acreditação Hospitalar,Protocolos Clínicos, Linhas de Cuidado Assistencial e Planejamento Estratégico em Saúde.

Maria Simone Tavares da Silva Silva, Centro Universitário Tabosa de Almeida/ Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico (Asces- Unita), Caruaru, PE

Atualmente é do Associação Caruaruense de Ensino Superior.

Rayanne Kewelly Silvestre Silva, Centro Universitário Tabosa de Almeida/ Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico (Asces- Unita), Caruaru, PE

Possui ensino-medio-segundo-graupela Escola Estadual Tancredo Neves(2012). Tem experiência na área de Enfermagem.

Thielly Daiany Cintra, Centro Universitário Tabosa de Almeida/ Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico (Asces- Unita), Caruaru, PE

Possui ensino-medio-segundo-graupela Escola de Referência em Ensino Médio Corsina Braga(2013). Tem experiência na área de Enfermagem.

Rosa Régia Sousa de Medeiros, Centro Universitário Tabosa de Almeida/ Associação Caruaruense de Ensino Superior e Técnico (Asces- Unita), Caruaru, PE

Graduada em Enfermagem pela Universidade Federal da Paraíba, Cursou Licenciatura plena em Enfermagem pela Universidade Federal da Paraíba (1995), Enfermeira Pós Graduada em Auditoria de Serviços de Saúde (FACINTER) e Qualidade Internacional em Segurança do Paciente ( Fiocruz 2015). Ocupou o cargo de Coordenadora de Enfermagem do Hospital Unimed Caruaru no período de 2004 a 2014. Atualmente exerce a função de Enfermeira Auxiliar do Governo do Estado de Pernambuco, ocupando a função de Supervisora de plantão do Hospital Regional do Agreste e Presidindo a Comissão de Ética de Enfermagem desde 2011. É docente do Curso de Graduação em Enfermagem no Centro Universitário Tabosa de Almeida - ( ASCES/UNITA), responsável pelos referenciais teóricos de: Processo de trabalho da enfermagem em nível secundário e terciário de saúde e práticas empreendedoras; Indicadores da realidade sócio-política-econômica e cultural sobre a saúde e a doença; Enfermagem no cuidado sistematizado em situações clínicas e cirúrgicas; e Presidente da Comissão interna de Biossegurança do Centro Universitário.

Referências

Costa EAM. Gerenciamento risco em processamento de produtos para saúde: uma metodologia para serviços hospitalares [Internet]. Rev. SOBECC, São Paulo [Acesso em 10 de outubro de 2017] 2013; 18(2): 33-44. [Acesso em 10 de outubro de 2017]. Disponível em: http://www.sobecc.org.br/arquivos/artigos/2012/pdf/Ano18_n2%20abr_jun2013_3.pdf.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Série Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde. Assistência Segura: Uma teórica aplicada à prática [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde [Acesso em 21 de outubro de 2017] 2013; (1): p. 11-172. Disponível em: https://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/images/documentos/livros/Livro1-Assistencia_Segura.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde [Acesso em 17 de fevereiro de 2018] 2014. 40 p. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/documento_referencia_programa_nacional_seguranca.pdf.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Cartilha de Notificações em Tecnovigilância. Unidade de Tecnovigilância Gerência-Geral de Tecnologia de Produtos para a Saúde [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde [Acesso em 02 Mar. 2018] 2003. Disponível em: https://contas.tcu.gov.br/etcu/ObterDocumentoSisdocseAbrirDocNoBrowser=true&codArqCatalogado=3896965.

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº. 529, de 1 de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) [Internet]. Diário Oficial da União 1 abr 2013 [acesso em 02 de abril de 2014]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt0529_01_04_2013.html.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução-RDC 36/13. Institui ações para a promoção da segurança do paciente e a melhoria da qualidade nos serviços de saúde [Internet]. Diário Oficial da União 25 jul 2013 [Acesso em 02 de março de 2018]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/10181/2871504/RDC_36_2013_COMP.pdf/36d809a4-e5ed-4835-a375-3b3e93d74d5e.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução-RDC 67/09. Estabelece os requisitos gerais de tecnovigilância a serem adotados por todos os detentores de registro de produtos para a saúde sediados em território nacional. In: Diário Oficial da União. Brasília; 2009. [acesso em 03 Abr. 2018] Disponível em:http://www.sbpc.org.br/upload/conteudo/anvisa_rdc_67_2009.pdf.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária [Internet]. Brasília; 2013. [Acesso em 03 de abril de 2018]. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/notivisa.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto e Contexto Enferm, Florianópolis. Scielo [Periódico na Internet]. 2008; 17(4): 758-64. [Acesso em 05 de abril de 2018]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v17n4/18.pdf.

Benevides JL, Caoutinho JFV, Tomé MABG, Gubert FA, Silva TBC, Oliveira SKP. Characterization of chronic injuries in the elderly assisted in the family health strategy. J Nurs UFPE online [Internet]. 2016 [cited 2018 Apr 16]; 11(5): 1943-52. [Acesso em 05 de abril de 2018]. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/23330/1892.

Triggle CR, Triggle DJ. What is the future oF peer review? Why is there Fraud in science? Is plagiarism out oF control? Why do scientists do bad things? Is it all a case of: “all that is necessary for the triumph oF evil is that good men do nothing?” Vasc Health RiskManag [Internet]. 2007 [cited 2018 Apr 16]; 3(1): 39–53. [Acesso em 05 de abril de 2018]. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17583174.

Ohler L. Writing For publication: ethical issues. Texto & Contexto EnFerm [Internet]. 2010[cited 2018 Apr 16]; 19(2) 214-6. [Acesso em 17 de abril de 2018]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v19n2/en_01.pdf

Nayak BK, Maniar R, Moreker S. The agony and the ecstasy oF the peer-review process. Indian J Ophthalmol [Internet]. 2005 [cited 2018 Apr 16]; 53:153-5. [Acesso em 06 de maio de 2018]. Disponível em: http://www.ijo.in/temp/IndianJOphthalmol5331535407543_150115.pdf.

Oliveira MAP, Velarde GC, Sá RAM. Entendendo a Pesquisa Clínica V: Relatos e séries de casos. Rev. Fem v.43, n. 5, [Internet] 2015. [Citado em 2015 Set., Out.]; [Acesso em 03 Abr. 2018]. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/0100-7254/2015/v43n5/a5320.pdf.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Série Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde. Gestão de Riscos e Investigação de Eventos Adversos Relacionados à Assistência à Saúde [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2017 [Acesso em 11 de maio de 2018]; vol (1): p.11-172. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33852/3507912/Caderno+7+-+Gest%C3%A3o+de+Riscos+e+Investiga%C3%A7%C3%A3o+de+Eventos+Adversos+Relacionados+%C3%A0+Assist%C3%Aancia+%C3%A0+Sa%C3%Bade/6fa4fa91-c652-4b8b-b56e-fe466616bd57.

Araújo MAN, Filho WDL, Silveira RS, Souza JC, Barlem ELD, Teixeira NS. Segurança do paciente na visão de enfermeiros: uma questão multiprofissional. Enferm. Foco [Internet]. 2017; 8(1): 52-56. [Acesso em 10 de janeiro de 2018]. Disponível em: revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/download/984/362.

Hinrichsen SL, Possas L, Oliveira CLF, Ramos DM, Vilella TAS. Análise de modos e efeitos de falhas (FMEA) e metas internacionais de segurança do paciente: estudo-piloto. RAS [Internet]. 2012 [Acesso em 10 de janeiro 2018]; 14 (57). Disponível em: cqh.org.br/portal/pag/anexos/baixar.phpp_ndoc=515&p_nanexo=357.

Publicado
2019-02-28
Como Citar
Oliveira, D. A., Silva, M., Silva, R., Cintra, T., & Sousa de Medeiros, R. (2019). Enfermagem e tecnovigilância na assistência segura. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 7(1), 48-52. https://doi.org/10.22239/2317-269x.01171
Seção
Artigo