Análise do custo parcial com vacina para prevenção da Influenza A (H1N1)

  • Edmilson de Oliveira Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR
  • José Aparecido Bellucci Júnior Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR
  • Kelly Cristina Inoue Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR
  • Laura Misue Matsuda Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR, Brasil
Palavras-chave: Vacinas Contra Influenza, Custos de Cuidados de Saúde, Custos de Medicamentos, Custos e Análise de Custo

Resumo

Estudo que teve como objetivo identificar o custo parcial da vacina contra o vírus In-fluenza A (H1N1), na cidade de Londrina-PR, no ano de 2012. Utilizou-se como fonte de dados os documentos contidos na Avaliação do Programa de Imunização e também do DATASUS. O custo parcial da vacina foi calculado a partir do produto, do preço unitário da vacina e da quantidade de doses administradas, com base na moeda nacional (Reais). Constatou-se que o custo total da vacina foi de R$ 870.097,90, equivalente a 122.549 doses unitárias. Dessas, o maior consumo foi entre os idosos e crianças menores de dois anos, que totalizou R$ 533.366,20. Para vacinar toda a população de Londrina-PR seriam necessários R$ 3.597.577,10. Concluiu-se que a vacina disponibilizada para o município, em 2012, foi suficiente para imunizar toda a população de Londrina, definida pelo Minis-tério da Saúde e também para aquelas denominadas de alto risco. O número de vacinas destinadas às crianças menores de dois anos e aos profissionais de saúde excedeu o número de indivíduos destas populações identificadas na cidade, e o impacto financeiro da vacinação global seria mínimo no orçamento.

Biografia do Autor

Edmilson de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR

Enfermeiro. Mestrando em Enfermagem do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Especialista em oncologia, Enfermeiro do Hospital Dr. Anísio Figueiredo da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná. Paraná, Brasil.

José Aparecido Bellucci Júnior, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR
Enfermeiro. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Professor do Setor de Enfermagem da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Paraná, Brasil
Kelly Cristina Inoue, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR
Enfermeira. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Docente da Faculdade Ingá e Intensivista do Hospital Universitário de Maringá. Paraná, Brasil
Laura Misue Matsuda, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR, Brasil
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem da UEM. Paraná, Brasil.
Publicado
2014-05-08
Como Citar
Oliveira, E. de, Júnior, J., Inoue, K., & Matsuda, L. (2014). Análise do custo parcial com vacina para prevenção da Influenza A (H1N1). Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 2(2), 53-59. Recuperado de https://visaemdebate.incqs.fiocruz.br/index.php/visaemdebate/article/view/136
Seção
Artigo