Análise do custo parcial com vacina para prevenção da Influenza A (H1N1)

Autores

  • Edmilson de Oliveira Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR Autor
  • José Aparecido Bellucci Júnior Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR Autor
  • Kelly Cristina Inoue Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR Autor
  • Laura Misue Matsuda Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR, Brasil Autor

DOI:

https://doi.org/10.3395/vd.v2n2.136

Palavras-chave:

Vacinas Contra Influenza, Custos de Cuidados de Saúde, Custos de Medicamentos, Custos e Análise de Custo

Resumo

Estudo que teve como objetivo identificar o custo parcial da vacina contra o vírus In-fluenza A (H1N1), na cidade de Londrina-PR, no ano de 2012. Utilizou-se como fonte de dados os documentos contidos na Avaliação do Programa de Imunização e também do DATASUS. O custo parcial da vacina foi calculado a partir do produto, do preço unitário da vacina e da quantidade de doses administradas, com base na moeda nacional (Reais). Constatou-se que o custo total da vacina foi de R$ 870.097,90, equivalente a 122.549 doses unitárias. Dessas, o maior consumo foi entre os idosos e crianças menores de dois anos, que totalizou R$ 533.366,20. Para vacinar toda a população de Londrina-PR seriam necessários R$ 3.597.577,10. Concluiu-se que a vacina disponibilizada para o município, em 2012, foi suficiente para imunizar toda a população de Londrina, definida pelo Minis-tério da Saúde e também para aquelas denominadas de alto risco. O número de vacinas destinadas às crianças menores de dois anos e aos profissionais de saúde excedeu o número de indivíduos destas populações identificadas na cidade, e o impacto financeiro da vacinação global seria mínimo no orçamento.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Edmilson de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR

    Enfermeiro. Mestrando em Enfermagem do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Especialista em oncologia, Enfermeiro do Hospital Dr. Anísio Figueiredo da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná. Paraná, Brasil.

  • José Aparecido Bellucci Júnior, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR
    Enfermeiro. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Professor do Setor de Enfermagem da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Paraná, Brasil
  • Kelly Cristina Inoue, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR
    Enfermeira. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Docente da Faculdade Ingá e Intensivista do Hospital Universitário de Maringá. Paraná, Brasil
  • Laura Misue Matsuda, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Maringá, PR, Brasil
    Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem da UEM. Paraná, Brasil.

Downloads

Publicado

2014-05-08

Edição

Seção

Artigo

Como Citar

Análise do custo parcial com vacina para prevenção da Influenza A (H1N1). (2014). Vigilância Sanitária Em Debate , 2(2), 53-59. https://doi.org/10.3395/vd.v2n2.136

Artigos Semelhantes

1-10 de 669

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)