A utilização do planejamento territorial no combate da COVID-19: considerações sobre a situação dos leitos nos municípios de Pernambuco, Brasil

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269X.01546

Palabras clave:

SARS-CoV-2, Brasil, Pandemia

Resumen

Introdução: O novo coronavírus (SARS-CoV-2) chegou ao Brasil e as medidas para enfrentamento da disseminação estão sendo executadas. É importante a observação da estrutura hospitalar para potencializar tomadas de decisão, onde o planejamento territorial se inclui, dando o devido suporte. Objetivo: Analisar como o planejamento territorial pode auxiliar ao combate da COVID-19 em Pernambuco, tendo como base as informações vitais a saúde da população e as boas práticas existentes na literatura epidemiológica. Método: A metodologia envolveu o geoprocessamento junto à coleta de dados de leitos hospitalares e à população local nos municípios. Resultados: Dos 158 municípios, 33 possuem acima de 100 leitos. Quando se filtra apenas os leitos complementares, ou seja, leitos de complexidade mais elevada, observa-se a ausência desses leitos em aproximadamente 80% dos municípios. Além disso, a partir do planejamento territorial é possível verificar nos municípios, cidades referencias para possíveis incentivos de saúde e criação de complexos sanitários além-capital. Conclusões: Aspectos como destinação de recursos à saúde, incentivos em novas estruturas hospitalares e implementação de políticas para o isolamento social podem ser levantados como opções possíveis ao enfrentamento do novo coronavírus, contudo, sabe-se que muitas prefeituras não têm caixa para fortalecer seu sistema de saúde em um curto período de tempo, medida esta que deve ser executada pelo governo estadual e/ou federal em ações conjuntas. Além do isolamento social, a utilização de estruturas hospitalares emergenciais pode ser uma alternativa temporária para frear o avanço da COVID-19 no interior e/ou desafogar o sistema de saúde na capital e seu entorno.

 

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Biografía del autor/a

  • Jadson Freire-Silva, Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife, PE, Brasil

    Doutorando e Mestre (2018) em Desenvolvimento e Meio Ambiente na Universidade Federal de Pernambuco - PRODEMA/UFPE. Licenciado em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2015). Técnico em Saneamento Ambiental pelo Instituto Federal de Pernambuco - IFPE (Concludência-2015). Graduado em Gestão Ambiental pelo Centro Universitário Maurício de Nassau - UNINASSAU (2019). Bacharelando em Administração na Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE. É um dos Editores-Chefes da Revista Brasileira de Meio Ambiente - RVBMA (ISSN: 2595-4431) e Meio Ambiente (Brasil) [ISSN: 2675-3065]. Vinculado como estudante ao Laboratório de Análise e Processamento de Imagens do Departamento de Engenharia Cartográfica - APRIM/UFPE, como Pesquisador no Laboratório Interdisciplinar Sociedade, Ambiente e Direito (LISA-D) (IFPI) e como voluntário no Laboratório de Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento do Departamento de Ciências Geográficas - SERGEO/UFPE. Desenvolvo pesquisas sobre o (Geo)processamento e Sensoriamento Remoto aplicados ao meio antrópico, natural e social.

  • Henrique dos Santos Ferreira, Programa de Pós-graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, Brasil

    Possui graduação em Geografia Licenciatura pela Universidade Federal de Pernambuco (2012). Durante a graduação fez parte do laboratório de Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento (SERGEO). Realizou pesquisas utilizando técnicas de Sensoriamento Remoto aplicadas à análise e monitoramento dos parâmetros biofísicos da vegetação. Atuou como instrutor na capacitação em geoprocessamento para gestão e planejamento territorial municipal, tendo como público alvo os servidores da administração pública dos municípios do estado de Pernambuco. Entre 2014 e 2016, vinculado ao Laboratório de Climatologia Tropical e Eventos Extremos (TROPOCLIMA), obteve o título de Mestre em Geografia (2016) pela Universidade Federal de Pernambuco - desenvolvendo pesquisa sobre a influência do clima urbano na formação e expansão das epidemias de Dengue. Atualmente, é doutorando em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco, onde vem desenvolvendo pesquisa sobre modelagem espacial com SIG voltada à epidemiologia da dengue.

  • Ana Lúcia Bezerra Candeias, Departamento de Engenharia Cartográfica e Agrimensura, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE, Brasil

    Sou graduada em Engenharia Eletrônica pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (1987). Eu tenho Mestrado em Sensoriamento Remoto no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1992) e Ph.D. em Computação Aplicada com ênfase em Sensoriamento Remoto no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE (1997). Atualmente sou Professor Associado III da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Tenho experiência em Sensoriamento Remoto, SIG e na área de Ciência da Computação, com ênfase em Processamento de Imagens (Processamento Gráfico - Gráficos), atuando principalmente nos seguintes temas: processamento digital de imagens, morfologia matemática, sensoriamento remoto, geoprocessamento e realidade virtual. Participei do INNOVATE Project (Inteplay entre o uso múltiplo de reservatórios de água via acoplamento inNOVative de ciclos de substâncias em Ecossistemas Aquáticos e Terrestres) aprovado pelo MCT e pelo Ministério Alemão de Educação e Pesquisa (BMBF) até 2017. Atualmente tenho Bolsa de Produtividade PQ 2 e também fui bolsista durante o período de 01/03/2015 a 28/02/2018. Participo de projetos envolvendo processamento de imagem, detecção de erros de classificação em múltiplas imagens de sensores, geoprocessamento e geovisualização .

  • Marco Aurélio Benevides Pinho, Departamento de Administração, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil

    Graduação em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (1996). Especialização em Administração de Instituições de Saúde pela Universidade Federal de Pernambuco (2001). Mestrado em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (2005). Doutorado em Psicologia Cognitiva pela Universidade Federal de Pernambuco com pesquisa desenvolvida no campo da Psicologia Cultural Semiótica (2017). Professor Adjunto da Universidade Federal Rural de Pernambuco lotado no Departamento de Administração em Recife. Experiência como professor executor do curso de Bacharelado em Administração Pública, Coordenador da Pós-Graduação em Gestão Pública Municipal, tutor virtual da especialização em Gestão Pública, estes cursos ligados ao Departamento de Educação à Distância da UFRPE. Experiência como Coordenador do curso de Bacharelado em Administração da UFRPE nos campi de Serra Talhada e Recife. Experiência profissional fora da área acadêmica em cargos operacionais e de chefia em diversas empresas, atuação como consultor organizacional na área de gestão de processos e instrutor de cursos de pós-graduação. Pesquisando atualmente as áreas de teorias do Processo de Decisão, Gestão de Processos e Economia Comportamental.

  • Brigitte Renata Bezerra Oliveira, Departamento de Administração, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil

    Possui Graduação em Administração (2004), Mestrado Acadêmico (2007) e Doutorado (2015) em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (PROPAD/UFPE). Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal Rural de Pernambuco (DADM/UFRPE) e Pesquisadora de projeto apoiado pelo CNPq. Atuação e interesses de pesquisa: Administração Estratégica, Business Design, Negócios Internacionais, Desempenho Empresarial, Agronegócios, Métodos Quantitativos e Modelagem.

Publicado

2020-05-06

Número

Sección

Artículo COVID-19/SARS-CoV-2

Cómo citar

A utilização do planejamento territorial no combate da COVID-19: considerações sobre a situação dos leitos nos municípios de Pernambuco, Brasil. (2020). Vigilancia En Salud En Debate: Sociedad, Ciencia Y Tecnología, 8(2), 16-27. https://doi.org/10.22239/2317-269X.01546

Artículos similares

1-10 de 502

También puede Iniciar una búsqueda de similitud avanzada para este artículo.