Atitudes e conhecimento dos consumidores sobre os alimentos irradiados: um inquérito conduzido em Natal, Brasil

Autores

  • André Luiz Barbosa de Lima Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal Autor
  • Angelo Giuseppe Roncalli da Costa Oliveira Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, Brasil Autor

DOI:

https://doi.org/10.3395/vd.v2n2.172

Palavras-chave:

Irradiação de Alimentos, Segurança Alimentar e Nutricional, Rotulagem de Alimentos

Resumo

O objetivo deste estudo é avaliar as atitudes e o conhecimento dos consumidores sobre os alimentos irradiados. A amostra do estudo correspondeu a 65,52% de mulheres e a média de idade foi 41,82 (D.P.: 14,33) anos. Apenas 66,9% dos consumidores entrevistados consultam a lista de ingredien-tes no rótulo dos alimentos embalados, e 13,4% destes disseram ter detectado a frase “ALIMENTO TRATADO POR PROCESSO DE IRRADIAÇÃO”. Além disso, 86,6% consideravam que a irradiação torna o alimento inseguro e, portanto, 94,9% destes não consumiriam estes alimentos, assim como 29,6% daqueles que consideraram o contrário. As mulheres apresentaram escore de atitude menos favorá-vel que os homens em relação aos alimentos irradiados. A televisão foi considerada o meio de comu-nicação mais eficiente para informar sobre os alimentos irradiados. Concluímos que os consumidores do município do Natal carecem de informações sobre a irradiação de alimentos e a aceitação destes produtos depende da forma como são aplicadas as políticas de segurança alimentar e de educação sanitária, inclusive através do uso de fontes de disseminação da informação em massa. As informa-ções contidas nos rótulos de alimentos irradiados são controversas, apesar de serem instrumentos suficientes de detecção de alimentos irradiados por parte destes consumidores.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • André Luiz Barbosa de Lima, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal
    Médico veterinário, formado pela Universidade Federal do Semi-árido (UFERSA) em 2004. Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Desempenha suas atividades em Vigilância Sanitária desde 2005, na capital do Rio Grande do Norte.
  • Angelo Giuseppe Roncalli da Costa Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, Brasil
    Possui Graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1988), Mestrado em Odontologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1993) e Doutorado em Odontologia Preventiva e Social pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000). Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Saúde Bucal Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Epidemiologia, Saúde Coletiva e Políticas Públicas de Saúde.

Downloads

Publicado

2014-05-14

Edição

Seção

Artigo

Como Citar

Atitudes e conhecimento dos consumidores sobre os alimentos irradiados: um inquérito conduzido em Natal, Brasil. (2014). Vigilância Sanitária Em Debate , 2(2), 81-87. https://doi.org/10.3395/vd.v2n2.172

Artigos Semelhantes

1-10 de 649

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.