Aspectos relacionados ao controle sanitário de filmes plásticos esticáveis comercializados para uso doméstico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.02083

Palavras-chave:

Filmes Plásticos, Filmes de PVC Comercial, Filmes Plásticos Esticáveis, Ensaios de Migração e Segurança Alimentar

Resumo

Introdução: Os filmes plásticos flexíveis e esticáveis são comercializados visando o uso doméstico em residências e estabelecimentos comerciais para embalar ou proteger diversos tipos de produtos alimentícios. Os materiais plásticos, quando utilizados em contato direto com alimentos, em condições de uso, não podem transferir substâncias contaminantes aos alimentos, em quantidades que representem risco à saúde humana. Objetivo: Avaliar os filmes plásticos esticáveis destinados ao uso doméstico, adquiridos em estabelecimentos comerciais, simulando contato com alimentos gordurosos e realizar uma abordagem referente aos aspectos relacionados aos dizeres de rotulagem, segurança alimentar e meio ambiente. Método: O ensaio de migração total foi realizado por meio do contato do filme plástico com o simulante de alimentos gordurosos, solução de etanol a 95% (v/v), por um período de 10 dias a 40ºC e por 24 h a 20ºC. Os valores médios percentuais de perda de massa dos filmes plásticos foram determinados após ensaio de migração. Resultados: Os filmes plásticos esticáveis comercializados no Brasil para uso doméstico,
analisados em contato com o simulante de alimentos gordurosos, apresentaram valores de migração total superiores ao limite estabelecido na legislação. Os filmes de origem estrangeira apresentaram valores de migração total em níveis adequados e considerados seguros, sendo que apenas uma marca estrangeira apresentou valores superiores ao limite estabelecido no Mercosul. Nos filmes esticáveis de PVC, os resultados percentuais de perda de massa foram de 21,75 a 25,67 (%) e nos filmes plásticos de PEBD, os resultados percentuais foram inferiores a 1,00 (%). Conclusões: Os dados obtidos neste estudo evidenciam a necessidade de um contínuo monitoramento no controle de qualidade dos filmes esticáveis comerciais quando utilizados em contato direto com alimentos gordurosos. Informações do aditivo plastificante incorporado ao filme plástico esticável nos dizeres de rotulagem da embalagem comercial e ações orientativas no uso, aplicações e descarte dos filmes plásticos esticáveis deveriam ser implantadas e estimuladas, pelos órgãos de controle sanitário, meio ambiente e proteção do consumidor.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

Publicado

2022-11-30

Como Citar

Aspectos relacionados ao controle sanitário de filmes plásticos esticáveis comercializados para uso doméstico. (2022). Vigilância Sanitária Em Debate , 10(4), 90-98. https://doi.org/10.22239/2317-269x.02083

Artigos Semelhantes

1-10 de 644

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.