Elaboração, validação de conteúdo e da confiabilidade do instrumento para avaliação higiênico-sanitária de serviços de alimentação

Autores

  • Aline Gomes Mello Universidade Federal do Rio de Janeiro - campus Macaé
  • Cleber Nascimento do Carmo Universidade Federal do Rio de Janeiro - Campus Macaé
  • Selma Gomes Ferreira Leite Universidade Federal do Rio de Janeiro - Escola de Química
  • Marco Antônio Lemos Miguel Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Góes
  • Luciléia Granhen Tavares Colares Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Nutrição.

DOI:

https://doi.org/10.3395/vd.v2n3.222

Palavras-chave:

Estudos de Validação, Condições Sanitárias, Serviços de Alimentação, Confiabilidade e Validade

Resumo

Buscou-se elaborar, validar o conteúdo de um roteiro de avaliação das condições higiênico-sanitárias em Serviço de Alimentação (RACHS-SA) e verificar a confiabilidade interavaliadores. O instrumento baseou-se na legislação sanitária vigente, sendo submetido aos especialistas para validação do conteúdo pela Técnica Delphi. Os especialistas tinham experiência e/ou de-senvolviam pesquisas em segurança dos alimentos e vigilância sanitária e conhecimento sobre a construção de instrumentos de boas práticas. O conteúdo foi considerado validado quando houve concordância maior ou igual a 70% para classificação do item em: imprescindível, necessário e recomendável. Após a validação, o instrumento foi aplicado por 4 nutricionistas em um SA para avaliar as condições higiênico-sanitárias e verificar a confiabilidade interavaliadores utilizando o coeficiente de correlação intraclasse (CCI) a um nível de significância de 5%. A comparação da variância entre as respostas foi realizada pelo teste Kruskal-Wallis. O RACHS-SA contém 12 blocos e 159 itens. Dos itens, 58,5% foram classificados como imprescindíveis. O SA foi avaliado com condições higiênico-sanitárias parcialmente adequadas, não tendo ocorrido diferença estatisticamente significativa (valor p = 0,457) entre os avaliadores. Foi obtido CCI acima de 0,75 para 75% dos blocos, indicando excelente concordância entre os avaliadores. O RACHS-SA com o conteúdo validado atende à legislação vigente e permite a execução de uma avaliação das condições higiênico-sanitárias em serviços de alimentação.

Biografia do Autor

Aline Gomes Mello, Universidade Federal do Rio de Janeiro - campus Macaé

Nutricionista graduada pela Universidade Federal Fluminense, Mestre em vigilância sanitária ( INCQS/Fiocruz ), em doutoramento em ciências de alimentos ( IQ/UFRJ).

Cleber Nascimento do Carmo, Universidade Federal do Rio de Janeiro - Campus Macaé

Graduado em Estatística pela UERJ (2004). Concluiu o mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais (Estatística Social), em 2007, pela Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE) e doutorado em Saúde Pública e Meio Ambiente, pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), em 2012. Desde 2013, realiza estágio de pós-doutorado na ENSP/Fiocruz em Epidemiologia Clínica.

Selma Gomes Ferreira Leite, Universidade Federal do Rio de Janeiro - Escola de Química

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1978), mestrado Tecnologia de Processos Bioquímicos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1981) e doutorado em Ciências (Microbiologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990).

Marco Antônio Lemos Miguel, Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Góes

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Gama Filho, mestrado em Ciências Biológicas (Microbiologia) pela Universidade Federal de Minas Gerais e Doutorado em Ciências pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Luciléia Granhen Tavares Colares, Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Nutrição.

Nutricionista graduada pela Universidade Federal do Pará (1983), mestre em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994) e doutora em Ciências na área de Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz(2005).

Downloads

Publicado

2014-08-04

Como Citar

Mello, A. G., Carmo, C. N. do, Leite, S. G. F., Miguel, M. A. L., & Colares, L. G. T. (2014). Elaboração, validação de conteúdo e da confiabilidade do instrumento para avaliação higiênico-sanitária de serviços de alimentação. Vigil Sanit Debate, Rio De Janeiro, 2(3), 86–93. https://doi.org/10.3395/vd.v2n3.222

Edição

Seção

Artigo