Is the serving size and household measure information on labels clear and standardized? Analysis of the labels of processed foods sold in Brazil

Autores

  • Nathalie Kliemann Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC Autor
  • Marcela Boro Veiros Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC Autor
  • David Alejandro González-Chica Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC Autor
  • Rossana Pacheco da Costa Proença Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC Autor

DOI:

https://doi.org/10.3395/vd.v2n4.445

Palavras-chave:

Legislação de Alimentos, Informação Nutricional, Escolhas Alimentares

Resumo

Titulo PT: As informações sobre porção e medida caseira nos rótulos são claras e padronizadas? Uma análise em rótulos de alimentos industrializados brasileiros

Esta pesquisa objetivou analisar as medidas caseiras declaradas nos rótulos de alimentos industrializados, considerando sua adequação ao tipo do alimento e à porção declarada no rótulo. Foram analisados os rótulos de alimentos industrializados à venda em um supermercado brasileiro. As porções foram avaliadas conforme os parâmetros definidos pela Legislação Brasileira de Rotulagem Nutricional de Alimentos e as medidas caseiras foram avaliadas conforme o termo utilizado. Foi realizado Teste de Qui quadrado de heterogeneidade, sendo considerado valor-p < 0,05 como indicativo de significância estatística. Foram analisados 1102 alimentos industrializados, desses 72% declararam a porção de referência definida pela legislação brasileira. Encontrou-se medidas caseiras inadequadas à forma de consumo do alimento (2½ biscoitos doces), com termos de mensuração subjetivos (2 pedaços) e incompletos (1 colher). O fracionamento da medida caseira foi estatisticamente maior entre produtos com a medida caseira referente ao peso total (1/2 pacote) e com porção adequada à legislação brasileira (p < 0.001). Portanto, as informações sobre porção e medida caseira nos rótulos de produtos industrializados brasileiros não são precisas nem padronizadas. Como consequência, podem gerar dificuldade no entendimento e no uso dessas informações pelo consumidor brasileiro.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Nathalie Kliemann, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC
    Departamento de Nutrição
  • Marcela Boro Veiros, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

    Programa de Pós-Graduação em Nutrição

    Departamento de Nutrição

  • David Alejandro González-Chica, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

    Programa de Pós-Graduação em Nutrição

    Departamento de Nutrição

  • Rossana Pacheco da Costa Proença, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

    Programa de Pós-Graduação em Nutrição

    Departamento de Nutrição

Arquivos adicionais

Publicado

2014-11-27

Como Citar

Is the serving size and household measure information on labels clear and standardized? Analysis of the labels of processed foods sold in Brazil. (2014). Vigilância Sanitária Em Debate , 2(4), 62-68. https://doi.org/10.3395/vd.v2n4.445

Artigos Semelhantes

1-10 de 650

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.