Ecotoxicity of nanoscale zero-valent iron particles – a review

  • José Tomás Albergaria REQUIMTE, Instituto Superior de Engenharia do Porto, Instituto Politécnico do Porto
  • Henri P.A. Nouws REQUIMTE, Instituto Superior de Engenharia do Porto, Instituto Politécnico do Porto
  • Cristina Maria Delerue-Matos REQUIMTE, Instituto Superior de Engenharia do Porto, Instituto Politécnico do Porto
Palavras-chave: Nanopartículas de ferro zerovalente, bactérias, Daphnia magna, minhocas, testes de germinação

Resumo

Título-PT: Ecotoxicidade de nanopartículas de ferro zerovalente – Uma revisão

A utilização de nanopartículas de ferro zerovalente na remediação ambiental de águas e solos tem vindo a aumentar, suportado na maior reatividade e mobilidade destas partículas quando comparadas com outras de tamanho macro e micrométrico. A introdução destas partículas no ambiente tem levantado preocupações relativas ao destino e ao efeito em ambientes aquáticos e terrestes. Um maior conhecimento destas questões permitirá uma melhor compreensão do processo de remediação e das transformações a longo prazo e o impacto das nanopartículas de ferro zerovalente nos diferentes ecossistemas, permitindo uma aplicação mais segura e eficiente.

Este trabalho apresenta o estado atual do conhecimento sobre os efeitos tóxicos das nanopartículas de ferro zerovalente em diferentes organismos nas várias fases da cadeia alimentar. Concluiu-se que os estudos realizados são insuficientes e que na sua maioria apontam no sentido do impacto negativo daquelas nanopartículas em bactérias, invertebrados aquáticos, organismos terrestes e em testes de germinação. Esta informação reforça a necessidade da realização de estudos complementares que especifiquem a concentração das nanopartículas de ferro zerovalente que se tornam tóxicas para organismos-alvo importantes; e a avaliação dos efeitos de nanopartículas revestidas.

Biografia do Autor

José Tomás Albergaria, REQUIMTE, Instituto Superior de Engenharia do Porto, Instituto Politécnico do Porto

Investigador do Laboratório Associado Requimte

Henri P.A. Nouws, REQUIMTE, Instituto Superior de Engenharia do Porto, Instituto Politécnico do Porto

Investigador do Laboratório Associado Requimte

Professor Adjunto no Instituto Superior de Engenharia

Cristina Maria Delerue-Matos, REQUIMTE, Instituto Superior de Engenharia do Porto, Instituto Politécnico do Porto

Diretora do Grupo de Reação e Análises Químicas

Professor Coordenador com Agregação no Instituto Superior de Engenharia

Publicado
2013-11-30