Avaliação preliminar da qualidade da fluoxetina comercializada por farmácias de manipulação em Belo Horizonte/MG

  • Alexandre Soares Leal Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), Belo Horizonte, MG
  • Fernanda Peixoto Sepe Melo Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), Belo Horizonte, MG
  • Tatiana Cristina Bomfim Gomes Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), Belo Horizonte, MG
  • Amália Soares Santana Fundação Ezequiel Dias (Funed), Belo Horizonte, MG
  • Luzia Helena da Cunha Fundação Ezequiel Dias (Funed), Belo Horizonte, MG
  • Mitiko Saiki Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), São Paulo, SP
Palavras-chave: Controle de Qualidade, Fluoxetina, Boas Práticas de Manipulação, Vigilância Sanitária

Resumo

Neste trabalho, foram avaliadas 14 amostras de fluoxetina comercializadas por 13 estabelecimentos diferentes da rede de farmácias magistrais em Belo Horizonte/MG. A amostragem obtida representa 47,0% do total de 30 unidades de preparação distintas na cidade e corresponde a cerca de 180 pontos de venda. Foram realizadas análises de determinação de peso, identificação, teor de princípio ativo e uniformidade de doses unitárias. As análises foram realizadas pela Fundação Estadual Ezequiel Dias (Funed/MG) com base nas metodologias descritas nas farmacopeias de referência. Foram observadas irregularidades em algumas amostras como na rotulagem e ensaio de teor. Foi também investigada a presença e concentração de metais e outras impurezas inorgânicas através da técnica de análise por ativação neutrônica (AAN). Os resultados mostraram também a presença de elementos como As, Br, Co, Cr e Hf que, mesmo em baixas concentrações, podem ser prejudiciais à saúde humana se consumidos de forma constante durante longo prazo.

Biografia do Autor

Alexandre Soares Leal, Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN), Belo Horizonte, MG
Serviço de Tecnologia de Reatores SETRE
Publicado
2017-03-07
Como Citar
Leal, A., Melo, F., Gomes, T., Santana, A., Cunha, L., & Saiki, M. (2017). Avaliação preliminar da qualidade da fluoxetina comercializada por farmácias de manipulação em Belo Horizonte/MG. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 5(1), 76-83. https://doi.org/10.22239/2317-269x.00810
Seção
Artigo