Olimpíada de qualidade e segurança em hospital universitário público sentinela

Palavras-chave: Educação Continuada, Segurança do Paciente, Qualidade da Assistência à Saúde, Gestão de Riscos, Enfermagem

Resumo

Introdução: A qualidade da assistência à saúde tem como finalidade garantir uma assistência segura e livre de danos desnecessários ao cliente. Objetivo: Descrever a experiência do setor de Gerência de Risco no evento de sensibilização sobre a qualidade e segurança em hospital universitário público sentinela. Método: Estudo descritivo, do tipo relato de experiência, que utilizou a metodologia ativa denominada gamificação, para promoção da qualidade e da segurança do paciente. O evento foi realizado em abril de 2018, em um
hospital universitário de alta complexidade localizado no norte do Paraná, inserido na Rede de Hospitais Sentinelas, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resultados: Houve a participação de aproximadamente 325 pessoas, entre profissionais de saúde, técnicos administrativos, docentes, residentes, acadêmicos e comunidade externa que participaram das diversas atividades propostas. Foram realizados nove desafios para disseminação do conhecimento sobre a temática. Concomitante às atividades, a comissão julgadora se reunia para avaliação dos desafios e contabilização de pontos, divulgados no placar afixado no hall do hospital. A premiação do time vencedor foi um almoço em restaurante renomado e, para os demais, foram entregues certificados e medalhas. Conclusões: O uso de jogos e dinâmicas constituiu-se em uma ferramenta pedagógica que proporciona o aprendizado e colabora na disseminação da temática de qualidade e segurança, além de proporcionar a interação entre os colaboradores. Ao término do evento foi aplicada uma pesquisa de satisfação aos participantes, e ele foi classificado como ótimo e bom por 90% dos respondentes.

Biografia do Autor

Izabela Melo Garcia, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR

Mestranda pelo programa de Pós-Graduação em Gerenciamento de Enfermagem pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Especialista na modalidade Residência em Gerência dos Serviços de Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina (UEL) - 2019. Enfermeira graduada pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) - 2017. Participante do grupo de pesquisa intitulado Núcleo de Estudo e Pesquisa na Gestão de Serviços de Enfermagem (NEPGESE) desde 2017. Participante do grupo de pesquisa intitulado Grupo de Estudos da Formação na Área da Saúde (GFAS) desde 2014. Ex-bolsista da Fundação Araucária no período de 2014 à 2016.

Nathalia Vasconcelos Fracasso, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR

Mestranda em Enfermagem pela Universidade Estadual de Londrina (2019). Bolsista de pós-graduação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Especialista em Gerência de Serviços de Enfermagem, na modalidade residência, pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) (2017-2019). Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE (2016). É membro do grupo de pesquisa Núcleo de Estudo e Pesquisa na Gestão de Serviços de Enfermagem (NEPGESE) da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Alexsandro de Oliveira Dias, Hospital Universitário, Universidade Estadual de Londrina (HU-UEL), Londrina, PR

Graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Londrina (UEL-2002). Especialização em Educação na Área da Saúde (2003) e Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente (2015) pela Universidade FioCruz-RJ. Mestre em Enfermagem pela UEL (2013). Doutor em Ciências da Saúde pela Universidade de São Paulo (USP-2017). Pós-doutorando do Programa de Ciências da Reabilitação UEL-UNOPAR (2019). Atua como Gerente de Risco Hospitalar (Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina), Coordenador do Núcleo de Segurança do Paciente e membro das Comissões Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos, Comissão de Prevenção de Lesões de Pele, Prontuários e Óbitos, Plantão de Sobreaviso e Coordenador da implantação do Prontuário Eletrônico do Paciente. Integrante do Comitê InterHospitalar da Qualidade do Estado do Paraná. Participante do grupo gestor de capacitação e implantação da nova maternidade do HU/UEL. Participa como pesquisador no Núcleo de Estudo e Pesquisa na Gestão de Serviços de Enfermagem, da Universidade Estadual de Londrina.

Vivian Biazon El Reda Feijó, Hospital Universitário, Universidade Estadual de Londrina (HU-UEL), Londrina, PR

Graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Estadual de Londrina (1996). Especialista em Gerenciamento da Assistência à Saúde do Adulto pelo Centro de Estudos Superiores de Londrina (1997) e em Capacitação Pedagógica em Enfermagem - PROFAE (2002). Mestrado em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Londrina (2010), com foco na área de avaliação de serviços de saúde e classificação de risco. Foi enfermeira assistencial da unidade de terapia intensiva do Hospital do Câncer de Londrina por dois anos (1996-1999). Desde 1999, é enfermeira concursada do Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina (HU/UEL), onde vem atuando como enfermeira assistencial e coordenadora das unidades de internação adulto, moléstias infeciosas, pronto-socorro, serviço de hemodinâmica e eletro-imagem. Desempenhou atividades como Diretora de Enfermagem no período de 2014 - 2018, Atualmente é Diretora Superintendente deste serviço desde julho de 2018. Doutoranda e membro do Núcleo de Estudo e Pesquisa na Gestão de Serviços de enfermagem - NEPGESE da Universidade Estadual de Londrina. Sua área de pesquisa se concentra em gestão de serviços de saúde, projetos e processos de trabalho.

Renata Pedrão Leme Motomatsu, Hospital Universitário, Universidade Estadual de Londrina (HU-UEL), Londrina, PR

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Londrina (1999). Atualmente é enfermeira da Universidade Estadual de Londrina/Hospital Universitário de Londrina/Diretoria de Enfermagem/Divisão de Desenvolvimento e Pesquisa. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem

Maria do Carmo Fernandez Lourenço Haddad, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR

Possui graduação em Enfermagem, mestrado em Histologia pela Universidade Estadual de Londrina (1994) e doutorado pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (2004). Professora Sênior do Departamento de Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina-PR, do Programa de Pós Graduação em enfermagem (Mestrado e Doutorado) e da Residência em Gerência de Serviços de Enfermagem do Hospital Universitário de Londrina-PR. Professora convidada do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá-PR. Tem experiência profissional na gestão de serviços de enfermagem e docente na área de gerenciamento de enfermagem. Desenvolve pesquisas sobre os temas: gestão de serviços de enfermagem e saúde do trabalhador. Integra o banco de Avaliadores do INEP desde 2003. Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPQ desde março de 2016. Membro da Comissão Nacional de Qualidade do Conselho Federal de Enfermagem desde agosto de 2016. Coordenadora do Núcleo de Estudo e Pesquisa na Gestão de Serviços de Enfermagem - NEPGESE, da Universidade Estadual de Londrina-PR.

Publicado
2019-11-29
Como Citar
Garcia, I., Fracasso, N., Dias, A., Feijó, V., Motomatsu, R., & Haddad, M. do C. (2019). Olimpíada de qualidade e segurança em hospital universitário público sentinela. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 7(4), 104-110. https://doi.org/10.22239/2317-269x.01362
Seção
Relato de Experiência