Análise dos indicadores da COVID-19 no Nordeste brasileiro em quatro meses de pandemia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.01690

Palavras-chave:

Pandemia; Coronavírus; Infecções por Coronavírus; Indicadores de Saúde

Resumo

Introdução: O novo coronavírus, ou SARS-CoV-2, surgiu no fim de 2019 na China e se disseminou rapidamente, resultando num surto mundial. A pandemia da COVID-19, como foi chamada a doença causada pelo vírus, foi declarada pela Organização Mundial da Saúde em março e ultrapassou a marca de um milhão de infectados e de 50 mil mortos no Brasil após quatro meses do primeiro caso. Objetivo: Analisar a evolução dos indicadores sobre a COVID-19 no Nordeste do Brasil e correlacioná-la ao nível de isolamento social registrado em cada estado nordestino. Método: Trata-se de um estudo transversal com dados coletados a partir de painéis epidemiológicos do Ministério da Saúde e da Universidade de São Paulo acerca do número de casos e óbitos e, também, da empresa de geolocalização Inloco que calculou os níveis de isolamento social no Brasil. As variáveis analisadas foram: taxa de incidência, taxa de mortalidade, coeficiente de letalidade e índice de isolamento social. Resultados: Os indicadores são interdependentes e há certa correlação entre os níveis de isolamento social e as taxas de incidência e mortalidade, sendo correlações fracas ou moderadas. Conclusões: As diferenças entre os estados nordestinos, principalmente as sociais, refletem em seus indicadores e no impacto da pandemia em cada um deles, sendo um desafio posto aos gestores de saúde.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2020-07-21

Edição

Seção

COVID-19/SARS-CoV-2 Artigo

Como Citar

Análise dos indicadores da COVID-19 no Nordeste brasileiro em quatro meses de pandemia. (2020). Vigilância Sanitária Em Debate , 8(3), 52-60. https://doi.org/10.22239/2317-269x.01690

Artigos Semelhantes

1-10 de 663

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)