Análise tricológica de pelos-guarda de Mus musculus, Rattus rattus e Rattus norvegicus (Rodentia: Muridae) aplicada à pesquisa e à identificação em alimentos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.02009

Palavras-chave:

Controle Sanitário de Alimentos, Matérias Estranhas, Sujidades Leves, Risco à Saúde Humana, Roedores Sinantrópicos

Resumo

Introdução: Roedores estão entre as mais importantes pragas do mundo e, quando estes indivíduos ou seus pelos são encontrados nos alimentos, são considerados matérias estranhas indicativas de risco à saúde. Por outro lado, a presença de pelos humanos e dos demais mamíferos é considerada indicativa de falhas das boas práticas. Sendo assim, a caracterização dos pelos dos roedores sinantrópicos e a diferenciação dos pelos das demais espécies de mamíferos mostram-se relevantes e necessárias. Objetivo: Caracterizar os padrões microestruturais dos pelos-guarda das três principais espécies de roedores que infestam ambientes de armazenamento de alimentos e apresentar uma proposta de protocolo para análise tricológica de pelos isolados. Método: Amostras de pelos de roedores das espécies Mus musculus, Rattus rattus e Rattus norvegicus foram coletadas de espécimes colecionados e pelos-guarda íntegros foram selecionados para a preparação de lâminas para observação da microestrutura. No total, 20 pelos-guarda foram analisados para caracterização dos padrões medulares e 91 impressões cuticulares de pelos-guarda foram examinadas para caracterização de padrões cuticulares. Resultados: Observou-se que M. musculus apresentou medula alveolar e cutícula losângica com variações na forma e tamanho das escamas. R. rattus e R. norvegicus apresentaram medula reticulada e cutícula losângica, também com variações. Um protocolo com fluxograma de identificação foi apresentado para a análise dos pelos estudados. Conclusões: Os pelos das espécies de roedores sinantrópicos estudados podem ser diferenciados das demais espécies de mamíferos de interesse sanitário pela presença dos padrões medulares alveolar e reticulado no escudo de pelos-guarda. Para as espécies estudadas, somente o padrão medular do escudo dos pelos-guarda confere caráter diagnóstico.

 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Cinthia Iara Aquino, Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas, Centro de Laboratório Regional de Ribeirão Preto, Instituto Adolfo Lutz, Ribeirão Preto, SP, Brasil

    Possui graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2008), graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2011), especialização em Gestão Integrada da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde no Trabalho e Responsabilidade Social pelo Centro Universitário SENAC (2014) e mestrado em Sanidade, Segurança Alimentar e Ambiental no Agronegócio no Instituto Biológico de São Paulo. Atualmente é Pesquisador Científico I no Instituto Adolfo Lutz - Laboratório Central. Atua na área de Saúde Pública e bromatologia com ênfase em Microscopia de Alimentos, principalmente nos seguintes temas: análise microscópica de alimentos, bebidas e águas, identificação de elementos histológicos (composição e fraudes), pesquisa de matérias estranhas e legislação de alimentos.

  • Juliana Quadros, Setor Litoral, Universidade Federal do Paraná, Matinhos, PR, Brasil

    Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Paraná (1993), mestrado em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná (1998) e doutorado em Zoologia pela Universidade Federal do Paraná (2002). Atualmente é Professora da Universidade Federal do Paraná, setor Litoral. Atuou como consultora ambiental e professora adjunta e pesquisadora da Universidade Tuiuti do Paraná. Quanto a experiência na área de consultoria ambiental, realizou estudos para a elaboração de planos de manejo e avaliação ambiental de unidades de conservação e estudos de impacto ambiental de empreendimentos diversos, especialmente no estado do Paraná. Quanto a experiência na área de ensino, é professora no ensino superior desde 2001 ministrando disciplinas de diversas áreas da Biologia para cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogos em Ciências Biológicas, Biotecnologia, Educação Física, Biomedicina, Nutrição, entre outros. De 2005 a 2009 foi gestora acadêmica, ocupando os cargos de coordenadora dos cursos de Ciências Biológicas e de Biotecnologia e Bioprocessos. Ainda no ensino superior atuou em projetos de extensão universitária aplicando metodologias participativas nas áreas de saúde, ensino de ciências e biologia e desenvolvimento sustentável. Atualmente leciona e orienta no Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável da UFPR, Setor Litoral; e no PPG em Zoologia, Setor de Ciências Biológicas. Na pesquisa, dá ênfase à compreensão das relações entre populações humanas e unidades de conservação, bem como à mastozoologia, mais especificamente a estudos com lontras, ecologia alimentar de espécies carnívoras e identificação microscópica de pelos de mamíferos. Seus estudos estão concentrados em áreas de Floresta Atlântica.

Publicado

2022-05-31

Edição

Seção

Artigo

Como Citar

Análise tricológica de pelos-guarda de Mus musculus, Rattus rattus e Rattus norvegicus (Rodentia: Muridae) aplicada à pesquisa e à identificação em alimentos. (2022). Vigilância Sanitária Em Debate , 10(2), 42-49. https://doi.org/10.22239/2317-269x.02009

Artigos Semelhantes

1-10 de 678

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.