Surtos de doenças infectocontagiosas notificados no estado de Mato Grosso do Sul de 2020 a 2022

Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2023, v.11: e02152 | Publicado em: 09/10/2023

Autores

  • Danila Fernanda Rodrigues Frias Rede VigiAR-SUS, Departamento de Emergências em Saúde Pública, Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde, Brasília, DF, Brasil / Universidade Brasil, Fernandópolis, SP, Brasil Autor https://orcid.org/0000-0001-8621-3338
  • Grazielli Rocha de Rezende Romera Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalares do Estado de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Saúde, Campo Grande, MS, Brasil Autor https://orcid.org/0000-0001-9537-4889
  • Roselene Lopes de Oliveira Secretaria de Estado de Saúde, Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/Estadual), Campo Grande, MS, Brasil Autor https://orcid.org/0000-0001-6144-3903
  • Livia de Mello Almeida Maziero Secretaria de Estado de Saúde, Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/Estadual), Campo Grande, MS, Brasil Autor https://orcid.org/0000-0003-4273-9834
  • Danielle Galindo Martins Tebet Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalares do Estado de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Saúde, Campo Grande, MS, Brasil Autor https://orcid.org/0000-0002-7850-0924
  • Karine Ferreira Barbosa Secretaria de Estado de Saúde, Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/Estadual), Campo Grande, MS, Brasil Autor https://orcid.org/0000-0003-0034-4500

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.02152

Palavras-chave:

Identificação de Emergência, Regulamento Sanitário Internacional, Risco à Saúde, Sistema de Informação em Saúde, Vigilância em Saúde Pública

Resumo

Introdução: Devido à importância das doenças infectocontagiosas para a saúde pública mundial, a investigação de surtos de doença passível de prevenção e controle pelos serviços de saúde é fundamental. Objetivo: Descrever os surtos notificados no estado de Mato Grosso do Sul, nos anos de 2020 a 2022, e demonstrar a  importância da vigilância em situações de surtos de doenças e/ou agravos de saúde pública. Método: Trata-se de um estudo epidemiológico transversal, descritivo, retrospectivo, qualiquantitativo com dados secundários temporais coletados do sistema de notificação de surtos criado pela equipe do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/Estadual) de Mato Grosso do Sul. Resultados: No período foram notificados 599 surtos, envolvendo 8.076 indivíduos suspeitos e 5.191 confirmados. Dentre os surtos, 569 (95%) foram provocados pelo SARS-CoV-2, notificados por 32 municípios, e a maioria ocorreu em indústrias e hospitais. Ocorreram 26 óbitos no período, e destes 15 foram provenientes dos surtos por SARS-CoV-2. Conclusões: As utilizações de ferramentas para notificação de surtos são efetivas e auxiliam na tomada rápida de decisão quando aplicadas de maneira eficiente.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Danila Fernanda Rodrigues Frias, Rede VigiAR-SUS, Departamento de Emergências em Saúde Pública, Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde, Brasília, DF, Brasil / Universidade Brasil, Fernandópolis, SP, Brasil
  • Grazielli Rocha de Rezende Romera, Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalares do Estado de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Saúde, Campo Grande, MS, Brasil
  • Roselene Lopes de Oliveira, Secretaria de Estado de Saúde, Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/Estadual), Campo Grande, MS, Brasil
  • Livia de Mello Almeida Maziero, Secretaria de Estado de Saúde, Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/Estadual), Campo Grande, MS, Brasil
  • Danielle Galindo Martins Tebet, Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalares do Estado de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Saúde, Campo Grande, MS, Brasil
  • Karine Ferreira Barbosa, Secretaria de Estado de Saúde, Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS/Estadual), Campo Grande, MS, Brasil

Publicado

2023-10-09

Edição

Seção

Relato de Experiência

Como Citar

Surtos de doenças infectocontagiosas notificados no estado de Mato Grosso do Sul de 2020 a 2022: Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2023, v.11: e02152 | Publicado em: 09/10/2023. (2023). Vigilância Sanitária Em Debate , 11, 1-8. https://doi.org/10.22239/2317-269x.02152

Artigos Semelhantes

1-10 de 678

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)