Aplicativo de vigilância e monitoramento de leishmaniose visceral canina (PampaCare LVC) – uma abordagem Saúde Única em Uruguaiana (RS)

Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2023, v.11: e02186 | Publicado em: 8/11/2023

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.02186

Palavras-chave:

Leishmaniose, Saúde Única, Sistemas de Informação em Saúde

Resumo

Introdução: Uruguaiana, área de transmissão da leishmaniose visceral (LV), é um dos cinco municípios gaúchos com casos de leishmaniose visceral humana (LVH). Objetivo: Apresentar as etapas de desenvolvimento do PampaCare LVC como um aplicativo da plataforma PampaCare, desenvolvido para o monitoramento e a análise de informações de diversas doenças. Método: O aplicativo foi elaborado para proporcionar o processo de migração de um sistema legado baseado no preenchimento manual de fichas para uma ferramenta automatizada. O desenvolvimento contemplou as etapas de: coleta de requisitos, especificação de casos de uso, definição da arquitetura, implementação, documentação e suporte. As tecnologias Flutter e Firebase permitiram o desenvolvimento rápido e eficiente, mantendo a qualidade dos dados e segurança na autenticação. Foram definidos 22 requisitos, traduzidos em funcionalidades do aplicativo. Resultados: Destacaram-se como funcionalidades: a notificação, a geolocalização dos casos, o registro de dados, a geração de relatórios e a análise epidemiológica. Estas informações auxiliarão na construção de alertas referentes à situação epidemiológica dos bairros, contribuindo para a vigilância ambiental de base territorial de forma assertiva. A versão MVP (minimum viable product) foi disponibilizada para a Vigilância Ambiental em Saúde em abril de 2023 e sua versão final será liberada em agosto de 2023. Conclusões: O aplicativo cumpriu com 76% das subcategorias avaliadas pela técnica de autoavaliação, apresentando um desempenho satisfatório quanto à experiência de usuário e usabilidade. Após as atualizações, deseja-se alcançar 92% de cobertura das subcategorias integrantes da ferramenta de avaliação. O acesso às informações das clínicas e hospitais possibilitará maior robustez aos indicadores da doença, propiciando a elaboração de políticas públicas condizentes com a realidade da LVC em Uruguaiana.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

Publicado

2023-11-08

Como Citar

Aplicativo de vigilância e monitoramento de leishmaniose visceral canina (PampaCare LVC) – uma abordagem Saúde Única em Uruguaiana (RS): Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2023, v.11: e02186 | Publicado em: 8/11/2023. (2023). Vigilância Sanitária Em Debate , 11, 1-10. https://doi.org/10.22239/2317-269x.02186

Artigos Semelhantes

1-10 de 670

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)