Filamentous fungi in water used in hemodialysis treatment: a persistence challenge for health surveillance

Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2024, v.12: e02236| Publicado em: 19/04/2024

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.02236

Palavras-chave:

Centro de Hemodiálise, Fungos, Qualidade da Água, Avaliações Microbiológicas

Resumo

TÍTULO PT: Fungos filamentosos na água usada no tratamento de hemodiálise: um desafio persistente para vigilância em saúde

Introdução: Os fungos geralmente são resistentes à desinfecção e têm potencial patogênico. No entanto, eles não são legalmente controlados na água de hemodiálise (AH). Objetivo: Os fungos filamentosos (FF) foram avaliados na água de hemodiálise de um hospital terciário no sudeste do estado de São Paulo (Brasil), um centro médico de referência que atende milhões de pessoas por ano. Método: Um total de 84 amostras de água foram coletadas em sete pontos do sistema hidráulico durante o período de um ano e os FF foram identificados por características macroscópicas e microscópicas. Resultados: Foram detectados FF em todos os pontos, variando de 1 a 334 CFU/100 mL. Foram identificados nove gêneros ao longo do sistema hidráulico, incluindo: Acremonium, Alternaria, Aspergillus, Beltrania, Bipolaris, Cladosporium, Exophiala, Fusarium e Penicillium. Conclusões: A maioria dos fungos é onipresente e alguns deles causam infecção humana e produzem micotoxinas. Os vários gêneros encontrados revelam possíveis falhas no sistema de tratamento e distribuição, seja por práticas de higiene inadequadas ou por infusão desses microrganismos nas tubulações. A detecção dos FF é necessária, tendo em vista a vulnerabilidade imunológica dos pacientes em tratamento de hemodiálise, o que exige ações contínuas de vigilância em saúde.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

Publicado

2024-04-19

Edição

Seção

Comunicação breve

Como Citar

Filamentous fungi in water used in hemodialysis treatment: a persistence challenge for health surveillance: Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2024, v.12: e02236| Publicado em: 19/04/2024. (2024). Vigilância Sanitária Em Debate , 12, 1-5. https://doi.org/10.22239/2317-269x.02236

Artigos Semelhantes

1-10 de 660

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.