Marketing de alimentos industrializados destinados ao público infantil na perspectiva da rotulagem

  • Jéssica Soares Geraldo Ferreira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, RJ
  • Yone da Silva Universidade Veiga de Almeida - UVA/RJRJ), Rio de Janeiro, RJ
  • Orlando Marino Gadas de Moraes Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, RJ
  • Rinaldini Philippo Tancredi Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, RJ
Palavras-chave: Controle de Qualidade, Composição Nutricional, Rotulagem Nutricional

Resumo

Compreendendo a importância das informações contidas nos rótulos dos alimentos, foi objetivo do presente estudo avaliar a qualidade de alimentos industrializados destinados ao público infantil, comercializados na cidade do Rio de Janeiro, sob a ótica da rotulagem nutricional e do marketing. Foram avaliados alimentos e bebidas industrializadas das categorias mais consumidas pelo público infantil. Os rótulos selecionados foram avaliados de acordo com os parâmetros estabelecidos em regulamentações vigentes, assim como, os recursos de marketing empregados nas embalagens e sua composição nutricional para 100 g ou 100 mL. Foram avaliados os rótulos de 93 embalagens de alimentos industrializados de 33 fabricantes diferentes. Cada amostra foi avaliada em 32 quesitos, totalizando 2.976 análises. Houve conformidade em 80% dos itens avaliados, 19% não eram aplicáveis e 1% apresentou não conformidade à legislação. A análise de marketing identificou o uso de 20 diferentes estratégias. A análise da composição nutricional declarada no rótulo permitiu concluir que os alimentos classificados com quantidades elevadas de açúcar, gordura saturada, gordura trans e/ou sódio corresponderam a 66%. Torna-se fundamental um modelo eficiente de regulação e fiscalização da rotulagem e marketing de modo a garantir informações claras e fidedignas.

Biografia do Autor

Yone da Silva, Universidade Veiga de Almeida - UVA/RJRJ), Rio de Janeiro, RJ

Docente do Curso de Graduação em Nutrição da Universidade Veiga de Almeida - UVA/RJ.

Área: Higiene e Vigilância Sanitária de Alimentos e Alimentação Coletiva

Orlando Marino Gadas de Moraes, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, RJ

Professor Associado - Chefe do Departamento de Tecnologia de Alimentos da  Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

 

Rinaldini Philippo Tancredi, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, RJ

Professora Associada do Curso de Nutrição do Departamento de Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Atuou na Subsecretaria de Vigilância e Fiscalização Sanitária, da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Responsável pelas disciplinas de Higiene dos Alimentos e Estágio Supervisionado em Controle de Qualidade e pelo Laboratório de Rotulagem de Alimentos (LABRA) da UNIRIO.

Publicado
2015-05-29
Como Citar
Ferreira, J., Silva, Y., Moraes, O., & Tancredi, R. (2015). Marketing de alimentos industrializados destinados ao público infantil na perspectiva da rotulagem. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 3(2), 75-84. https://doi.org/10.3395/2317-269x.00293
Seção
Artigo