Irregularidades sanitárias como marcador de risco à saúde: um desafio para a vigilância sanitária

Autores/as

  • Fernanda Pini Freitas - Universidade de Franca-UNIFRAN - Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/FIOCRUZ Autor/a
  • Branca Maria Oliveira Santos -Universidade de Franca-UNIFRAN Autor/a

DOI:

https://doi.org/10.3395/vd.v1n1.4

Palabras clave:

Vigilância sanitária, risco sanitário, qualidade de produtos, serviços, inspeção sanitária

Resumen

O estudo, de caráter exploratório, do tipo levantamento retrospectivo, objetivou identificar as irregularidades sanitárias nos estabelecimentos e equipamentos de assistência de alta complexidade e de interesse à saúde do município de Franca-SP, registradas no Sistema de Informação em Vigilância Sanitária, no período de agosto de 2008 a julho de 2009, como marcador de risco à saúde. Do total de 186 serviços, 59 (31,72%) apresentaram irregularidades sanitárias, categorizadas em nove eixos: documentação, estrutura física, recursos humanos, qualidade de produtos, manutenção preventiva de equipamentos, processo de esterilização, resíduos de saúde, higienização do ambiente e equipamento de proteção individual e 164 (88,17%) apresentaram condições de baixo risco, 21 (11,29%) de médio e um serviço apresentou risco alto. Os resultados demonstram que as irregularidades sanitárias podem comprometer a qualidade do serviço ou do produto oferecido e gerar riscos à saúde dos usuários, consumidores e trabalhadores.

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Biografía del autor/a

  • Fernanda Pini Freitas, - Universidade de Franca-UNIFRAN - Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/FIOCRUZ

    Graduada em Enfermagem pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-Universidade de São Paulo-USP-RP. Mestra em Promoção da Saúde pela Universidade de Franca-SP. Docente dos cursos de graduação em Medicina e graduação em Enfermagem pela UNIFRAN, na área de saúde coletiva. Tutora do curso de Educação à Distância-Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/FIOCRUZ. Enfermeira da Vigilância Sanitária Municipal de Franca/SP.

  • Branca Maria Oliveira Santos, -Universidade de Franca-UNIFRAN
    Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Usp (1971), mestrado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1977), doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1987) e Livre-Docência em Enfermagem (1996). Atualmente é docente de graduação do Curso de Enfermagem e de pós-graduação da Universidade de Franca. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Promoção de Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: infecção hospitalar, staphylococcus aureus, portador são, assistência de enfermagem e riscos ocupacionais.

Publicado

2013-02-25

Número

Sección

Artículo

Cómo citar

Irregularidades sanitárias como marcador de risco à saúde: um desafio para a vigilância sanitária. (2013). Vigilancia En Salud En Debate: Sociedad, Ciencia Y Tecnología, 1(1), 43-51. https://doi.org/10.3395/vd.v1n1.4

Artículos similares

1-10 de 664

También puede Iniciar una búsqueda de similitud avanzada para este artículo.