Lipid and polyunsaturated fatty acid contents in infant formulas in reference to the Codex Alimentarius

  • Mahyara Markievicz Mancio Kus-Yamashita Núcleo de Química, Física e Sensorial - Centro de Alimentos - Instituto Adolfo Lutz
  • Sabria Aued-Pimentel Núcleo de Química, Física e Sensorial - Centro de Alimentos - Instituto Adolfo Lutz
  • Jorge Mancini Filho Faculdade de Ciências Farmacêuticas - Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Legislação, Ácidos Graxos Poli-Insaturados, Fórmula Infantil, Codex Alimentarius

Resumo

Título PT: Lipídios e ácidos graxos poli-insaturados em fórmula infantil: comparação com o Codex Alimentarius

O Codex Alimentarius stan-72 (2011) preconiza valores adequados para lipídios e ácidos graxos em fórmula infantil. O total de lipídios e ácidos graxos poli-insaturados foi quantificado em 14 amostras de fórmulas infantis e seus resultados comparados com os valores recomendados. A extração e quantificação dos lipídios foi realizado segundo metodologia de Roese Gottielb. Para análise de ácidos graxos, utilizou-se metodologia de metilação segundo Hartman e Lago, injeção em cromatógrafo gasoso e quantificação com padrão interno de 23:0. Todas as amostras analisadas, em pelo um parâmetro estava em desacordo com o preconizado pelo Codex Alimentarius.
Publicado
2016-02-29
Como Citar
Kus-Yamashita, M., Aued-Pimentel, S., & Mancini Filho, J. (2016). Lipid and polyunsaturated fatty acid contents in infant formulas in reference to the Codex Alimentarius. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 4(1), 78-82. https://doi.org/10.3395/2317-269x.00583
Seção
Artigo