Análise das notificações de queixa técnica de material médico-hospitalar em um hospital sentinela

  • Gislene Aparecida Xavier dos Reis Universidade Estadual de Maringá. Maringá, PR
  • Mariana Angela Rossaneis Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR
  • Maria do Carmo F. Lourenço Haddad Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR
  • Roseli Broggi Gil Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR
  • Paloma de Souza Cavalcante Pissinati Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR
Palavras-chave: Enfermagem, Gerenciamento de Segurança, Controle de Qualidade, Administração de Materiais no Hospital

Resumo

Objetivou-se analisar as notificações de queixa técnica de material médico-hospitalar em um hospital sentinela. Estudo transversal de análise documental realizado em um hospital universitário que integra a Rede Sentinela de Gerenciamento de Riscos à Saúde do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. Foram analisadas 160 notificações de queixas técnicas relacionadas aos materiais médico-hospitalares emitidas em 2012. Identificou-se maior frequência de notificação de equipo de infusão (21%), sendo que as irregularidades apresentavam-se na estrutura na maioria das queixas (92%). Os eventos adversos ocorreram como consequência de materiais com desvio de qualidade (2%); o enfermeiro foi o profissional que mais realizou notificações (87%) e o mês de julho, o mês com maior frequência (19%). Diante das queixas técnicas de material médico-hospitalar e considerando a importância das notificações, acredita-se que o desenvolvimento de estudos semelhantes a esse proporcionará aos gestores análise adequada dessas ocorrências e contribuirá para o despertar nos colaboradores as boas práticas de segurança, sendo uma delas a detecção de desvio de qualidade dos materiais médico-hospitalares, de forma a minimizar a incidência de eventos adversos.

Biografia do Autor

Gislene Aparecida Xavier dos Reis, Universidade Estadual de Maringá. Maringá, PR

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Maringá. Maringá, PR, Brasil.

Mariana Angela Rossaneis, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR

Enfermeira. Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de MaringDocente do Departamento de Enfermagem. Universidade Estadual de Londrina. Londrina, PR, Brasil.

Maria do Carmo F. Lourenço Haddad, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem. Universidade Estadual de Londrina. Londrina, PR, Brasil.

Roseli Broggi Gil, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Enfermeira da Assessoria de Enfermagem no Controle de Recursos Materiais / Seção de Parecer Técnico. Hospital Universitário de Londrina. Universidade estadual de Londrina. Londrina, PR, Brasil.

Paloma de Souza Cavalcante Pissinati, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR
Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina. Londrina, PR, Brasil.
Publicado
2016-02-29
Como Citar
Reis, G., Rossaneis, M., Haddad, M. do C., Gil, R., & Pissinati, P. (2016). Análise das notificações de queixa técnica de material médico-hospitalar em um hospital sentinela. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 4(1), 52-57. https://doi.org/10.3395/2317-269x.00588
Seção
Artigo