Novas e velhas tecnologias: o desafio da regulação

Autores/as

  • Geraldo Lucchese GTVISA/ABRASCO Autor/a

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269X.01160

Palabras clave:

vigilância sanitária, regulação, tecnologias

Resumen

Em que época vivemos! A ciência avança em grande velocidade. A tecnologia oferece novos materiais, produtos, serviços, processos. Alguns em fase ainda experimental, outros em pleno uso. Tecnologias poderosas, como a engenharia genética, que permitem mani-pular os códigos genéticos de qualquer espécie, são instrumentos capazes de intervir na natureza de forma dramática. Clonagens já são possíveis em grandes animais e, possi-velmente, em humanos. Organismos geneticamente modificados são amplamente produ-zidos e constituem matéria-prima para o processamento de alimentos em larga escala. Materiais nanoparticulados apresentam propriedades físico-químicas completamente diferentes das dos materiais que lhes dão origem e também já são amplamente utiliza-dos, principalmente nas áreas farmacêutica, cosmética e de alimentos. Células-tronco, com poder de diferenciação celular, trazem perspectivas de terapias inéditas para males que não contam com alternativas terapêuticas, mas apresentam, além de sérios proble-mas técnicos, questões éticas, morais e religiosas. A biotecnologia e o armazenamento e processamento de informações por meio eletrônico confirmam a nova onda tecnológica que provoca uma verdadeira revolução; mudam processos produtivos, profissões, orga-nizações, instituições, sistemas de controle, gestão de empresas e do Estado. Muitos e grandes interesses estão em jogo.

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Biografía del autor/a

  • Geraldo Lucchese, GTVISA/ABRASCO
    Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1976), especialização em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública(Ensp)/Fiocruz (1979), em Administração de Saúde pela FGV/São Paulo (1982) e em Direito Sanitário pela Ensp/Fiocruz/Direb (2009); mestrado em Saúde Pública pela Ensp/Fundação Oswaldo Cruz (1991) e doutorado em Saúde Pública pela Ensp/Fundação Oswaldo Cruz (2001). Atualmente é Consultor Legislativo na Câmara dos Deputados. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas de saúde, vigilância sanitária, serviços de saúde.

    CV: http://lattes.cnpq.br/6214436058486832

Publicado

2018-05-30

Número

Sección

Editorial

Cómo citar

Novas e velhas tecnologias: o desafio da regulação. (2018). Vigilancia En Salud En Debate: Sociedad, Ciencia Y Tecnología, 6(2), 1-2. https://doi.org/10.22239/2317-269X.01160

Artículos similares

1-10 de 436

También puede Iniciar una búsqueda de similitud avanzada para este artículo.

Artículos más leídos del mismo autor/a