Monitoramento e avaliação da qualidade da água de solução alternativa coletiva de abastecimento de escolas públicas do município de Itatiba, SP

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269X.01460

Palabras clave:

Potabilidade, Protozoário, Reação em Cadeia da Polimerase, Saneamento, Criança

Resumen

Introdução: A segurança do abastecimento de água é de extrema importância para a saúde pública, principalmente para crianças que, em idade escolar, podem permanecer de 5 h a 8 h por dia nas escolas. A água pode conter uma variedade de contaminantes que, em níveis elevados, têm sido associados ao aumento de uma série de doenças em crianças. Objetivo: Avaliar durante 12 meses a qualidade das águas de poços utilizadas como soluções alternativas coletivas de abastecimento em dez escolas públicas do município de Itatiba (SP). Método: Foram coletadas amostras de água de poço, de reservatório e de bebedouro, totalizando 100 amostras, sendo analisados parâmetros químicos, físicos, organolépticos e microbiológicos previstos na Portaria de Consolidação n° 5, de 28 de setembro de 2017, anexo XX. Adicionalmente foi realizada uma pesquisa quanto à presença de matérias estranhas, incluindo os protozoários Cryptosporidium spp. e Giardia spp. Resultados: Três escolas exibiram resultados em acordo com a legislação. As demais apresentaram presença de microrganismos como bactérias (29,0% de coliforme total e 9,0% de Escherichia coli, no total de amostras analisadas) e protozoários (15,0%), além de resultados acima do valor máximo permitido (VMP) para cor aparente (8,0%), turbidez (11,0%), Fe (12,0%), Zn e Pb (5,0%). Conclusões: Os resultados em desacordo com a legislação interferem na qualidade das águas oferecidas nas escolas, estando associados à falta de investimento na infraestrutura dos poços e cloração da água, sendo observado um diferencial na escola que possui parceria com a empresa de tratamento de água do município. Esta parceria deve ser mantida e, se possível, expandida para as demais escolas.

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Biografía del autor/a

  • Paulo Henrique Leuteviler Pereira, Centro de Laboratório Regional de Campinas, Instituto Adolfo Lutz (CLR/IAL), Campinas, SP, Brasil

    Possui graduação em Bacharelado em Química com Atribuições Tecnológica pelo Instituto de Química de São Carlos - Universidade de São Paulo (2005) e mestrado em Ciências (Química Analítica) pelo Instituto de Química de São Carlos - Universidade de São Paulo (2010). Atualmente é pesquisador científico I do Instituto Adolfo Lutz.

  • Maria Aparecida Moraes Marciano, Centro de Alimentos, Instituto Adolfo Lutz Central (IAL), São Paulo, SP, Brasil

    Pesquisador Científico e Diretor Técnico I do Núcleo de Morfologia e Microscopia do Centro de Alimentos do Instituto Adolfo Lutz, Laboratório Central/SP. Doutor em Doenças Tropicais e Saúde Internacional pelo Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, Mestre em Protozoologia pela Universidade de São Paulo, possui especialização (aprimoramento ) em Técnicas Avançadas em Análises Clínicas pelo Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Guarulhos (2003). Tem experiência na área de Microscopia de Alimentos, com ênfase em qualidade e sanidade de alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: sujidades em alimentos, padrão de identificação histológica dos alimentos, diagnostico e padronização de novas técnicas de detecção molecular de parasitos em alimentos e água.

  • Vitor Lacerda Sanches, Instituto de Química, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Campinas, SP, Brasil

    Graduado em Bacharelado em Química (USP- FFCLRP) e mestrado em Química Analíitca (IQ-UNICAMP). Possui experiência em química analítica - atuando principalmente nos seguintes temas: F AAS, GF AAS, ICP OES, visando a determinação dos teores totais, bioacessibilidade e biodisponibilidade de nutriente inorgânicos em amostras alimentícias - e síntese orgânica, atuando no desenvolvimento de moléculas com atividade biológica.

  • Elaine Marra de Azevedo Mazon, Centro de Laboratório Regional de Campinas, Instituto Adolfo Lutz (CLR/IAL), Campinas, SP, Brasil

    Possui graduação em Farmácia-Bioquímica pela Universidade Federal de Alfenas (1993). Especialização em Saúde Pública pela Faculadade de Ciências Médicas da Unicamp (1999). Doutorado em Ciência dos Alimentos pela Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp (2013). Atualmente é Pesquisador Científico e Diretor Técnico do Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas do Centro de Laboratório Regional do Instituto Adolfo Lutz Campinas III. Tem experiência na área de Ciência dos Alimentos com ênfase em Análise de Alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: Espectrometria Atômica ( F AAS e GF AAS) , análise de elementos inorgânicos em alimentos, análises Físico-química de alimentos, legislação e rotulagem.

Publicado

2020-05-28 — Actualizado el 2020-10-15

Versiones

Número

Sección

Artículo

Cómo citar

Monitoramento e avaliação da qualidade da água de solução alternativa coletiva de abastecimento de escolas públicas do município de Itatiba, SP. (2020). Vigilancia En Salud En Debate: Sociedad, Ciencia Y Tecnología, 8(2), 122-133. https://doi.org/10.22239/2317-269X.01460 (Original work published 2020)

Artículos similares

1-10 de 601

También puede Iniciar una búsqueda de similitud avanzada para este artículo.

Artículos más leídos del mismo autor/a