Condições higiênico-sanitárias de cantinas escolares da rede privada, antes e depois do licenciamento sanitário

  • Cristiane Marisa Ruwer Universidade Federal do Amazonas, Instituto Leônidas & Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz (UFAM/CPqLMD/FIOCRUZ), Manaus, AM
  • Evelyne Marie Therese Mainbourg Departamento de Sociodiversidade em Saúde, Instituto Leônidas & Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz (CPqLMD/FIOCRUZ), Manaus, AM
Palavras-chave: Vigilância sanitária, Legislação, Alimentação escolar

Resumo

As escolas e suas cantinas são estabelecimentos de interesse da saúde e são fiscalizadas pela vigilância sanitária municipal. Todo estabelecimento de alimentos está sujeito à necessidade de licença sanitária para funcionamento. Os espaços de alimentação escolar devem prover alimentos seguros e nutritivos. Fizemos um estudo das condições higiênico-sanitárias encontradas pela vigilância sanitária (dados secundários) nas cantinas de 19 escolas da cidade de Manaus e, para quatro delas, uma comparação individual com o ano seguinte (dados primários), a fim de verificar se as escolas conseguem manter suas cantinas em boas condições higiênico-sanitárias, após o licenciamento sanitário. Os dados foram levantados por meio do roteiro da própria vigilância sanitária, baseado na RDC no 216/04 e no código sanitário da cidade, assim como de um diário de campo. Apenas 25 % das escolas foram satisfatórias. As não conformidades mais frequentes foram: equipamentos, móveis e utensílios; manejo de resíduos e manipuladores. No estudo comparativo, observa-se um aumento do número de conformidades em relação ao ano anterior. Uma das escolas melhorou em todos os itens apontados e as demais apresentaram mudanças notórias em alguns itens: manejo de resíduos e equipamentos, móveis e utensílios. Concluímos que há dificuldade em manter o padrão de qualidade nos estabelecimentos após o licenciamento sanitário.

Biografia do Autor

Cristiane Marisa Ruwer, Universidade Federal do Amazonas, Instituto Leônidas & Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz (UFAM/CPqLMD/FIOCRUZ), Manaus, AM
Nutricionista graduada na UNIJUÌ RS, especialista em Administração de Serviços de Saúde (Adm. hospitalar e saúde pública) UNAERP, especialista em Saúde Ambiental (FIOCRUZ AM) e Mestre em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia pela UFAM/FIOCRUZ AM/UFPA
Publicado
2015-05-29
Como Citar
Ruwer, C., & Mainbourg, E. (2015). Condições higiênico-sanitárias de cantinas escolares da rede privada, antes e depois do licenciamento sanitário. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 3(2), 85-93. https://doi.org/10.3395/2317-269x.00479
Seção
Artigo