Gestão da qualidade nos serviços de hemoterapia do interior do Rio Grande do Norte: análise dos efeitos de um ciclo de melhoria

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.01494

Palabras clave:

Serviço de Hemoterapia; Gestão da Qualidade; Vigilância Sanitária; Melhoria de Qualidade

Resumen

Introdução: A gestão da qualidade em serviços de hemoterapia é um elemento crucial para a segurança transfusional. A implementação das atividades de gerenciamento da qualidade é um desafio no contexto brasileiro. Objetivo: Avaliar o efeito de um ciclo de melhoria nos serviços de hemoterapia do interior do Rio Grande do Norte, na conformidade com os critérios de gestão da qualidade, elaborados com base no Método de Avaliação de Risco Potencial em Serviços de Hemoterapia (MARPSH). Método: Estudo quase-experimental, antes e depois, que avaliou 13 critérios de qualidade, elaborados com base no MARPSH  da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Participaram do estudo oito serviços de hemoterapia do interior do estado do Rio Grande do Norte, sendo quatro Agências  Transfusionais, duas Unidades de Coleta e Transfusão e dois Hemocentros Regionais. Estatísticas descritivas e gráficos de Pareto foram utilizados. Resultados: Observou-se redução de 36,4% dos problemas de qualidade após a realização do ciclo de melhoria. Na análise por serviço, houve um aumento no cumprimento dos critérios variando entre 7,0% e 50,0%. A implementação de protocolos, os procedimentos de auditoria interna e o monitoramento da qualidade foram os critérios que registraram relativamente uma maior adesão após a intervenção, todavia permaneceram como as principais causas de não conformidades, tanto antes quanto após a intervenção. Conclusões: O ciclo de melhoria demonstrou ser uma intervenção válida no aumento da adesão dos serviços às atividades de gestão da qualidade preconizadas pela legislação sanitária, tendo a Vigilância Sanitária um importante papel para alcance dos padrões estabelecidos.

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Biografía del autor/a

  • Ana Virgínia Costa de Medeiros, Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária, Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil

    Possui graduação em Farmácia - Bioquímico e Analista Clínico pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2002) e Mestrado em Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2018). Atualmente é Interlocutor de Hemovigilância no RN e Auditor Fiscal da Vigilância Sanitária do Rio Grande do Norte - Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do RN. Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Vigilância Sanitária.

  • Isac Davidson Santiago Fernandes Pimenta, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Mestrando e graduado em Saúde Coletiva (Gestão em Sistemas e Serviços de Saúde) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte com período sanduíche de 6 meses na Universidade de Coimbra em Portugal. Atuei em projetos de pesquisa, ensino e extensão relacionados a epidemiologia, avaliação de programas e serviços de saúde, bioestatística e gestão da qualidade em saúde. Participo do grupo internacional de pesquisa em Qualidade em Serviços de Saúde (Qualisaúde) e do Laboratório de Estudos Epidemiológicos (LEEp) da UFRN. Atualmente, trabalho como apoiador de ações estratégicas para enfrentamento da emergência em saúde pública pelo SARS-CoV2 na Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte.

  • Isaac Newton Machado Bezerra , Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Graduado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN, Pesquisador do Laboratório de Estudos Epidemiológicos- LeeP da Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN. Residente no Programa de Residência Multiprofissional de Interiorização de Atenção à Saúde- PRMIAS/UFPE.

  • Larissa Oliveira Lima Macedo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Biomédica habilitada em Análises Clinicas (Unp 2016.2), graduanda em gestão em sistemas e serviços de saúde(UFRN 2017.1).

  • Viviane Euzébia Pereira Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande (1996), graduação em Licenciatura Em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande (1998), mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002) e doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Rio Grande do Norte , coordenadora do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É professora do Mestrado Profissional em Gestão da Qualidade da UFRN Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Tecnologias do cuidado e Segurança do paciente, atuando principalmente nos seguintes temas:tecnologias educacionais e de cuidado, segurança do paciente, cuidado de enfermagem e estresse. Lider do grupo de pesquisa Laboratório de Investigação do cuidado, segurança e tecnologias em saúde e enfermagem (LABTEC).

  • Tamara Peçanha Sharapin Alves, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Especializações nas áreas de odontologia em Saúde coletiva, vigilância sanitária, em Acompanhamento, Monitoramento e Avaliação na Educação em Saúde Coletiva e em Qualidade em saúde e Segurança do Paciente. Possui mestrado em Odontologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. É auditora fiscal de vigilância sanitária da Secretaria Estadual de Saúde Publica do RN e colaboradora técnica da Escola Técnica da Escola Técnica do SUS - Cefope/RN.

  • Jane de Medeiros Rodrigues, Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária, Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil

    Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte(1994). Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Pública.

  • Wilton Rodrigues Medeiros, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Possui Doutorado em Saúde Coletiva com período sanduíche na Agència de Salut Pública de Barcelona, Mestrado em Odontologia Preventiva e Social, especialização em Saúde Coletiva, especialização em Geoprocessamento e Cartografia Digital, especialização em Epidemiologia e graduação em Odontologia. É Sanitarista da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde (UFRN) e Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (FACISA/UFRN).Tem experiência na área de Serviços de Saúde, coordenação de estágios acadêmicos, docência na graduação e pós-graduação, gestão da pesquisa. Atuando principalmente nos seguintes temas: Saúde Coletiva, Epidemiologia, Vigilância em Saúde, Avaliação de Tecnologias em Saúde, Geoprocessamento em Saúde, Sistemas de Informação em Saúde, Qualidade e Segurança na assistência à saúde.

  • Ádala Nayana Sousa Mata, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Professora da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte/UFRN. Psicóloga graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (2006). Doutora em Saúde Coletiva da UFRN (2019). Mestre em Ciências da Saúde da UFRN (2011). Especialização em Psicologia da Saúde: Desenvolvimento e Hospitalização pela UFRN (2006) e em Gestão de Pessoas pelo Centro Universitário Toledo (2011).

  • Grasiela Piuvezam, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

    Doutora e Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN, Brasil). Especialista em Saúde Coletiva pela UFRN. Graduada em Odontologia pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP, Brasil). É professora Associada do Departamento de Saúde Coletiva da UFRN e leciona nos cursos de graduação de Medicina, Nutrição e Saúde Coletiva. Na pós-graduação, atua como docente permanente e orientadora do Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva (PPGSCoL). Atuou em cargos de coordenação e vice-coordenação (Curso de Saúde Coletiva, Mestrado Profissional Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde - PPG QualiSaúde). Atuou como avaliadora de APCN - CAPES nos anos de 2018 e 2019.Tem experiência na área da Saúde Coletiva especificamente na subárea da Epidemiologia. Dedica-se aos Estudos Epidemiológicos de Revisão Sistemática e Metanálise e nos temas de Epidemiologia, Ciência da Melhoria, Segurança do Paciente e Geriatria. Integra o grupo de pesquisa CNPq-UnB - Laboratório de Estudos para Melhoria da Qualidade, da Segurança do Paciente e do Valor em Saúde (ValueHealthLab). Líder do grupo de pesquisa do CNPq-UFRN - Systematic Review and Meta-Analysis Laboratory (Lab-Sys).

Publicado

2020-11-30

Cómo citar

Gestão da qualidade nos serviços de hemoterapia do interior do Rio Grande do Norte: análise dos efeitos de um ciclo de melhoria . (2020). Vigilancia En Salud En Debate: Sociedad, Ciencia Y Tecnología, 8(4), 57-64. https://doi.org/10.22239/2317-269x.01494

Artículos similares

1-10 de 662

También puede Iniciar una búsqueda de similitud avanzada para este artículo.

Artículos más leídos del mismo autor/a