Vigilância em saúde na pandemia da COVID-19: retomada das atividades eletivas em rede de hospitais de ensino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.01747

Palavras-chave:

Infecções por Coronavírus; Vigilância em Saúde Pública; Procedimentos Cirúrgicos Eletivos

Resumo

Introdução: A retomada das atividades durante a pandemia da COVID-19 tem sido tema de discussão em diferentes países para que não afete a continuidade do atendimento às urgências e às emergências atualmente em andamento. Objetivo: Descrever as estratégias  para a retomada das atividades eletivas em uma rede de hospitais públicos de ensino no Brasil durante a pandemia da COVID-19. Método: Trata-se de um estudo descritivo no formato de relato de experiência que inclui um processo de vigilância em saúde hospitalar realizado a partir da observação e discussão em uma perspectiva de rede. Resultados: O guia para retomada das atividades eletivas foi estruturado em quatro tópicos, sendo  o segundo tópico dividido em outros 11 para detalhamento das recomendações a serem  seguidas. As estratégias e ações apresentadas neste guia foram categorizadas em etapas da gestão de projetos para melhor visualização do caminho a ser percorrido: organização, planejamento, implantação e monitoramento. O material foi publicado em setembro de 2020 pela administração central da rede e está em fase de implantação pelos hospitais. Conclusões: O relato de experiência poderá auxiliar outras organizações na definição de  estratégias para a retomada segura de suas atividades.

Biografia do Autor

Gabriela de Oliveira Silva, Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Brasília, DF, Brasil

Mestra em Políticas Públicas em Saúde. Especialista em Vigilância Sanitária. Habilitação em Indústria. Farmacêutica.

Márcia Amaral Dal Sasso, Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Brasília, DF, Brasil

Mestre em Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Especialista em Enfermagem Hospitalar – Terapia Intensiva pela Universidade Federal de Minas Gerais, Especialista em Gestão da Saúde Publica pela Universidade Federal Fluminense, Bacharel e Licenciada em Enfermagem pela Universidade Federal de Juiz de Fora.

Leili Mara Mateus da Cunha, Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Brasília, DF, Brasil

Especialista em Saúde Pública com Ênfase em Vigilância Sanitária. Biomédica.

Tâmela Beatriz Matinada da Silva, Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Brasília, DF, Brasil

Enfermeira especialista em Centro Cirúrgico

Isaac Newton Machado Bezerra, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Vitória de Santo Antão, PE, Brasil

Bacharel em Saúde Coletiva pela UNiversidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN, Residente do Programa de Residencia Multiprofissional de Interiorização da Saúde- CAV/UFPE.

Grasiela Piuvezam, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSCOL), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

Professora do Departamento de Saúde Coletiva e do Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) Doutora e mestre em Ciências da Saúde pela UFRN.

Downloads

Publicado

2021-02-26

Como Citar

de Oliveira Silva, G. ., Amaral Dal Sasso, M., Mateus da Cunha, L. M., Matinada da Silva, T. B., Machado Bezerra, I. N., & Piuvezam, G. (2021). Vigilância em saúde na pandemia da COVID-19: retomada das atividades eletivas em rede de hospitais de ensino. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia (Health Surveillance under Debate: Society, Science & Technology) – Visa Em Debate, 9(1), 47-54. https://doi.org/10.22239/2317-269x.01747

Edição

Seção

COVID-19/SARS-CoV-2 Relato de Experiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)