Monitoramento de indicadores de saúde em Instituições de Longa Permanência para Idosos

  • Karla Cristina Marques Afonso Ferreira Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN
  • Vilani Medeiros de Araújo Nunes Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN
  • Zenewton André da Silva Gama Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN
  • Nilma Dias Leão Costa Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN
  • Grasiela Piuvezam Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN
  • Ana Carolina Patricio de Albuquerque Sousa Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN
Palavras-chave: Idoso, Instituição de Longa Permanência para Idosos, Indicadores de Saúde, Monitoramento, Qualidade da Assistência à Saúde, Vigilância Sanitária

Resumo

O presente estudo avaliará como as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) do município de Natal estão se comportando frente à avaliação e monitoramento de indicadores. Trata-se de um estudo descritivo e longitudinal realizado junto à Vigilância Sanitária (VISA) e as ILPI no município de Natal. O estudo utilizou os relatórios enviados pelas instituições à VISA no período de 2013 a 2014. A população desse estudo foi as 16 ILPI cadastradas no município de Natal, RN. O período de coleta dos dados se deu nos meses de junho a agosto de 2015. Quanto aos indicadores, observou-se que as ILPI apresentaram, em 2013 e 2014, respectivamente, uma elevada taxa de mortalidade (3,9%; 11%), altas taxas de incidências de diarreia (5,8%; 24,5%), desidratação (3,9%; 23,6%), úlcera de decúbito (2,6%; 21,6%) e desnutrição (11%; 27,3%) sobre o total de idosos institucionalizados. Em se tratando de quedas com lesão, poucas instituições notificaram a ocorrência desse evento, o que inviabiliza o monitoramento de um dos agravos de maior prevalência no meio institucional. Todos esses esforços poderão contribuir com ações que favoreçam a melhoria da atenção e assistência aos idosos institucionalizados, na perspectiva de que possam ser realizadas atividades conjuntas de promoção da saúde e prevenção de agravos à saúde.

Publicado
2016-08-30
Como Citar
Ferreira, K., Nunes, V., Gama, Z., Costa, N., Piuvezam, G., & Albuquerque Sousa, A. (2016). Monitoramento de indicadores de saúde em Instituições de Longa Permanência para Idosos. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 4(3), 57-62. https://doi.org/10.22239/2317-269x.00762
Seção
Artigo