Produção científica latino-americana sobre produtos à base de nanotecnologia para o enfrentamento da COVID-19: uma revisão de escopo

Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2023, v.11: e02002 | Publicado em: 27/02/2023

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.22239/2317-269x.02002

Palabras clave:

COVID-19, Infecções por Coronavirus, Nanomedicina, Nanotecnologia, Revisão de Escopo

Resumen

Introdução: A produção científica tem experimentado um aumento sem precedentes com a pandemia de COVID-19 em um curto espaço de tempo. Objetivo: Identificar e caracterizar a produção científica latino-americana sobre produtos à base de nanotecnologia com potenciais aplicações nas áreas de diagnóstico, vacina, tratamento farmacológico, teranóstico e intervenção não farmacológica para o enfrentamento da COVID-19. Método: Uma revisão de escopo foi conduzida com base na estrutura de Arksey e O’Malley e buscou incorporar recomendações do Joanna Briggs Institute Reviewer’s Manual e do Preferred Reporting Items for Systematic reviews and Meta-Analyses extension for Scoping Reviews (PRISMA-ScR). A busca bibliográfica ocorreu na PubMed, Science Direct, LILACS e SciELO. Estudos que relataram produtos à base de nanotecnologia com potenciais aplicações nas áreas de interesse referenciadas anteriormente foram incluídos. Uma análise quantitativa simples foi conduzida para fornecer resumos numéricos das características de interesse dos estudos adicionados na revisão. Resultados: Foram incluídos 26 (3,4%) artigos publicados em 14 revistas internacionais e regionais. Autores de cinco países (Brasil, Chile, Costa Rica, Equador e México) foram responsáveis pelos artigos que compuseram a revisão. A colaboração internacional ocorreu para a produção de seis (23,1%) artigos, envolvendo
instituições de dez países. O tempo mediano do envio à publicação dos artigos foi de 126 dias (intervalo interquartil: 58–200). A maior parte da produção científica latinoamericana foi de revisões narrativas (n = 19; 73,1%). As cinco áreas definidas como de interesse deste estudo foram abordadas por algum dos artigos científicos, com destaque para os produtos destinados ao tratamento farmacológico da COVID-19 (n = 14; 53,8%). Conclusões: Esta é a primeira revisão de escopo a fornecer um mapa da produção científica latino-americana sobre produtos à base de nanotecnologia com potenciais aplicações em áreas de interesse para o enfrentamento da COVID-19. Existem deficiências relativas à publicação de pesquisa básica, representatividade de países da América Latina, estudos com maior força de evidência e colaboração internacional para a produção de artigos científicos que merecem ser reduzidas.

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Biografía del autor/a

Publicado

2023-02-27

Número

Sección

Revisión

Cómo citar

Produção científica latino-americana sobre produtos à base de nanotecnologia para o enfrentamento da COVID-19: uma revisão de escopo: Vigil Sanit Debate, Rio de Janeiro, 2023, v.11: e02002 | Publicado em: 27/02/2023 . (2023). Vigilancia En Salud En Debate: Sociedad, Ciencia Y Tecnología, 11, 1-12. https://doi.org/10.22239/2317-269x.02002

Artículos similares

1-10 de 655

También puede Iniciar una búsqueda de similitud avanzada para este artículo.

Artículos más leídos del mismo autor/a