Fibrina rica em plaquetas: preparo, definição da qualidade, uso clínico

  • Esther Rieko Takamori Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
  • Marcus Vinicius Telles Teixeira Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
  • Karla Menezes Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
  • Rosana Bizon Vieira Carias Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
  • Radovan Borojevic Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
Palavras-chave: Plaquetas, Fibrina, Regeneração, Cirurgia Bucal

Resumo

Introdução: A Fibrina Rica em Plaquetas é um concentrado plaquetário, de preparo extemporâneo e uso autólogo, cuja proposta é promover uma melhor e mais rápida cicatrização e reparo das lesões cirúrgicas, tendo sido desenvolvida, inicialmente, para as cirurgias bucais. Objetivo: Analisar o preparo, controle de qualidade e uso clínico do PRF para compreender e discutir os aspectos práticos e regulatórios acerca da sua utilização. Método: Este trabalho foi elaborado como uma revisão integrativa, pelo levantamento de artigos científicos e legislação vigente sobre a utilização clínica do PRF. Resultados: O PRF constitui-se de uma matriz de fibrina, com grande quantidade de plaquetas, que liberam numerosos mediadores pró-regenerativos. A sua obtenção, preparo e uso ocorrem em centro cirúrgico ou consultório odontológico, cabendo ao cirurgião-dentista o compromisso com a garantia da qualidade, quanto aos procedimentos realizados. Além disso, os equipamentos e insumos utilizados devem ser compatíveis com as técnicas de preparo e uso do PRF. Conclusões: A utilização do PRF, pelos cirurgiões-dentistas, segue as determinações da Resolução do Conselho Federal de Odontologia – CFO nº 158/2015, de 08 de junho de 2015. Não há regulamentação para o uso de PRF pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). A preparação e o uso do PRF não são considerados Terapia Avançada.

Biografia do Autor

Esther Rieko Takamori, Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
Centro de Medicina Regenerativa
Marcus Vinicius Telles Teixeira, Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
Centro de Medicina Regenerativa
Karla Menezes, Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
Centro de Medicina Regenerativa
Rosana Bizon Vieira Carias, Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
Centro de Medicina Regenerativa
Radovan Borojevic, Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE
Centro de Medicina Regenerativa
Publicado
2018-02-28
Como Citar
Takamori, E., Teixeira, M., Menezes, K., Carias, R., & Borojevic, R. (2018). Fibrina rica em plaquetas: preparo, definição da qualidade, uso clínico. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 6(1), 118-124. https://doi.org/10.22239/2317-269x.01044