Avaliação da qualidade da fluoretação de águas de abastecimento público em 88 municípios da região Nordeste do estado de São Paulo (Brasil)

  • Sergio Dovidauskas Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
  • Isaura Akemi Okada Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
  • Maria Helena Iha Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
  • Álvaro Gennari Cavallini Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
  • Marina Miyuki Okada Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
  • Rita de Cássia Briganti Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
Palavras-chave: Fluoreto, Água de Abastecimento Público, Qualidade da Fluoretação, Vigilância Sanitária

Resumo

Introdução: Durante um ano, o Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas do Centro de Laboratório Regional do Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto (SP, Brasil) aumentou o número de amostras de águas de abastecimento público analisadas para concentração de fluoreto em relação ao que é normalmente solicitado por 88 Vigilâncias Sanitárias Municipais do Nordeste do estado de São Paulo (Brasil). Objetivo: Verificar se os valores dos Indicadores de Fluoretação variam quando se aumenta o número de amostras analisadas e avaliar a qualidade da fluoretação na região. Método: Fluoreto foi determinado por cromatografia de íons em amostras coletadas pelas Vigilâncias Sanitárias. Resultados: Os valores dos Indicadores de Fluoretação obtidos nas duas amostragens (das Vigilâncias e as ampliadas) foram similares para a maioria dos casos. O mapeamento indicou um maior número de municípios com indicadores maiores que 80% nos Departamentos Regionais de Saúde de Barretos e Franca, enquanto nos de Araraquara e Ribeirão Preto prevalecem indicadores menores que 40%. Conclusões: Investimento e assessoria técnica são insuficientes para elevar os indicadores a valores acima de 80% em municípios com populações pequenas. Para os casos em que os valores são menores que 40% sugere-se uma abordagem baseada na similaridade entre municípios para se aumentar esses valores.

Biografia do Autor

Sergio Dovidauskas, Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP

Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas

Centro de Laboratórios - Regional Ribeirão Preto

Isaura Akemi Okada, Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas
Centro de Laboratórios - Regional Ribeirão Preto
Maria Helena Iha, Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas
Centro de Laboratórios - Regional Ribeirão Preto
Álvaro Gennari Cavallini, Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas
Centro de Laboratórios - Regional Ribeirão Preto
Marina Miyuki Okada, Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas
Centro de Laboratórios - Regional Ribeirão Preto
Rita de Cássia Briganti, Centro de Laboratório Regional, Instituto Adolfo Lutz de Ribeirão Preto VI (CLR/IAL), São Paulo, SP
Núcleo de Ciências Químicas e Bromatológicas
Centro de Laboratórios - Regional Ribeirão Preto
Publicado
2017-08-31
Como Citar
Dovidauskas, S., Okada, I., Iha, M., Cavallini, Álvaro, Okada, M., & Briganti, R. (2017). Avaliação da qualidade da fluoretação de águas de abastecimento público em 88 municípios da região Nordeste do estado de São Paulo (Brasil). Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 5(3), 14-23. https://doi.org/10.22239/2317-269x.00926
Seção
Artigo

Artigos mais lidos do mesmo autor