Vigilância sanitária e a questão alimentar e nutricional

Autores

  • André Luís Gemal Instituto de Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro (IQ/UFRJ)
  • Daniella Guimarães de Araújo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz (INCQS/FIOCRUZ)
  • Isabella Fernandes Delgado Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz (INCQS/FIOCRUZ)

DOI:

https://doi.org/10.3395/vd.v2n4.503

Palavras-chave:

Vigilância Sanitária, Alimentação Adequada e Saudável, Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, políticas nacionais de promoção da saúde

Resumo

Um dos componentes etimológicos da palavra latina alimentum é alere que significa nutrir, criar, fazer crescer.

A palavra vigilantia deriva-se de “vigor”.

Ambas, iluminam esta edição.

Finalizando 2014 com a publicação deste número temático dedicado à questão dos alimentos, o sentido dessa metáfora “ fazer crescer” demonstra-se no nosso desejo concretizado, de ver crescer nesta revista as contribuições para o desenvolvimento científico em vigilância sanitária.

Downloads

Publicado

2021-07-29

Como Citar

Gemal, A. L., Araújo, D. G. de, & Delgado, I. F. (2021). Vigilância sanitária e a questão alimentar e nutricional. Vigil Sanit Debate, Rio De Janeiro, 2(4), 1. https://doi.org/10.3395/vd.v2n4.503

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>