Ferramenta para avaliação do Risco Potencial no âmbito dos Laboratórios Oficiais

  • Elizabeth Valverde Macedo Centro de Ciências Médicas, Universidade Federal Fluminense (CCM/UFF)
  • Isabella Fernandes Delgado Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde, Fundação Oswaldo Cruz (INCQS/FIOCRUZ)
  • André Luís Gemal Instituto de Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro (IQ/UFRJ)
Palavras-chave: Risco, Vigilância Sanitária, Avaliação, Medicamentos

Resumo

O homem encontra-se exposto a inúmeros produtos tecnológicos, e dentre eles os medicamentos, com riscos cada vez mais próximos do imponderável. Duas áreas, com ampla inclusão em vários campos do conhecimento, permeiam o ambiente dos laboratórios envolvidos no monitoramento da qualidade destes produtos. Estas são a metrologia e o risco. O objetivo deste trabalho foi elaborar uma ferramenta para avaliação do risco potencial nos laboratórios onde são realizados ensaios em medicamentos, minimizando assim os resultados com confiabilidade analítica duvidosa. A metodologia utilizada foi baseada no Modelo de Avaliação de Risco Potencial (MARP) aplicada a RDC 11/12 – ANVISA/MS. Os Indicadores de Controle do Risco (ICR) foram planificados no software Excel®. A ferramenta apresentou 167 ICR. Apesar do grande número de indicadores, mostrou-se bastante útil, aplicável e de fácil utilização ao ambiente laboratorial. Através dela é possível identificar as categorias das causas associadas ao desvio de cada ICR.
Publicado
2015-08-26
Como Citar
Macedo, E., Delgado, I., & Gemal, A. (2015). Ferramenta para avaliação do Risco Potencial no âmbito dos Laboratórios Oficiais. Vigilância Sanitária Em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, 3(3), 4-10. https://doi.org/10.3395/2317-269x.00708
Seção
Artigo

Artigos mais lidos do mesmo autor

1 2 > >>